Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

06
Abr 09

Sim, nós vamos continuar
sob qualquer nome, título,partido,
nós vamos continuar!
O que é proibido, para nós é permitido!
Nós temos a cúpula
Nós fazemos as alianças
Nós temos o poder
Vocês nos deram
e continuarão dando!
Vocês não nos alcançarão, nem punirão
exterminaremos quem ousar
Já estamos fazendo e
nem com seus próprios filhos mortos percebem
São nossos reféns.

Sim, nós vamos continuar
apertando as mãos
tocando nas bundas
dizendo ser chic
enganando  com promessas
criando projetos ilusórios
montando planos e mais planos
estamos nos divertindo
entre CPIs
até nosso plano final

Sim nós vamos continuar
Matando mulheres
Abusando das crianças
Exterminando adolescentes
Vamos viciar seus filhos
Vamos oferecer festas e mais festas
Fumarão das nossas pedras
Distribuiremos  o sexo devasso
Os hiponitizamos com suas próprias bundas
Pobre tolos, nem nos amaldiçoam para seus deuses
Dançam sobre seus cadáveres

Sim, nós vamos continuar,
construindo castelos
Nos hospedando no luxo
Fretando jatinhos
Desviando o dinheiro dos tolos
Criando cargos e mais cargos
Armando nossa corja

Sim, nós vamos continuar
Reformando palácios
Compactuando com ditadores
Nos aliando aos traficantes
Ampliando o narcotráfico,
permitindo que os cerquem
Batendo o martelo em suas caras
usando de seus próprios artigos
Pobres tolos do cruzeiro

Sim, nós vamos continuar
Deixando-os famintos,
sem teto,sem proteção
Deixando-os ignorantes
Os chamando de loucos
Queremos que se matem
Queremos rebeliões em presídios
Queremos invadir as terras
Vamos dividir esta terra entre nós

Sim , nós vamos continuar
Separando os olhos azuis,
dando mais olhos roxos nas mulheres
Tirando  penas dos cocares
Fortalecendo os coloridos
Destruindo cruzes, estrelas, hinos e ritmos
Queremos o caos!
Tiramos suas armas, todas elas,tolos!
Não tem como se protegerem
Estão indefesos em nossas mãos
Em seus guetos condomínios vigiados por nós
Em seus divertimentos nos shopping murados
Dentro de seus carros pouco blindados contra nossa força

Sim, nós vamos continuar
Os cercamos, não perceberam ainda que não podem nem ir, nem vir?
Contentem-se no momento com as Bolsas
Em breve se tornarão bolsas de sangue, de vocês!
Vamos controlar o mundinho virtual
Não escreverão duas linhas sem que os identifiquemos
Tolos, tolos, tolos

Sim, sim nós vamos continuar
Nos divertindo com seus medos
Com suas denúncias nos programinhas de noticias
Com seus linkizinhos de protestos
Nós temos as cores nas bandeiras
que movem paixões e idealismo fajuto
nossa isca para os ingênuos.
Verde e amarelo nem na farda
Não permitiremos
e repetimos, nós os desarmamos

Sim nós vamos continuar
criando maremotos
Chamando de marolas
Os atordoaremos com nossos atos
enquanto remam, investigam.
os deixaremos tentando sobreviver
não se enganem, naufragarão

Sim, nós vamos continuar
Bloquearemos suas vozes
Atemorizaremos os grupos
Os queremos famintos, desabrigados, alagados
Os queremos ignorantes, aterrorizados, desunidos
Os queremos invadidos por pestes, pragas, doenças
Os queremos escravos do nosso poder no meio do esgoto

Sim, nós vamos continuar!

 

publicado por SISTER às 06:58

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO