Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

09
Out 07
Haja chuva ou ventania,
      no inverno ou no calor,
      a janela tem mania
      de um espreitar sem pudor...
      Testemunha, alcoviteira
      que revela ou denuncia,
      ao abrigo da soalheira,
      ela esconde... ou anuncia...
      
      A janela enxerga longe
      um fato sério ou banal
      à socapa espia o monge,
       ou o arrufo conjugal...
      A fresta d´uma janela
      pode ser uma armadilha
      tudo que passa por ela
      é bom tema de "partilha":
      
      Promete sonho à criança
      alenta o velho a esperar...
      Mirante que não se cansa
      da vida sempre a passar...
      Descerra-se no calor,
      vedada se é grande o frio,
      acena com uma flor,
      acolhe um gato vadio...
      
      Olho a janela sem riso
      sem bate-boca, arrelia,
      parlatório onde o juízo
      é sempre o prato do dia...
      .
      Traga Zéfiro nas asas
      a orgia de outros ventos
      a fecundar as janelas
      co'a primavera de alentos.
      Soprem ventos de Levante
      a clausura sufocante,
      libertem, por piedade,
      o Canto desta cidade!
      
      Sylvia Cohin
publicado por SISTER às 07:34

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO