Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

02
Out 07
Assumo minha enorme loucura,
    Sou produto de um tempo cruel,
    Desaforado tempo de incertezas,
    Onde a cara de pau rola a granel...

    Desfolho margaridas com espinhos,
    Colho rosas pretas, tantas sem cor...
    Piso no jogo de xadrez e rainha sou,
    Do ódio que impera...  - Sou amor!...

    Dou gargalhadas da temida morte...
    Que venha logo, não me assusto...
    Pior que ela, é o calvário da vida,
    É suportar os idiotas do mundo!...

    Maluca, lunática, treze, Zoró?...
    Sou feliz sendo destrambelhada...
    Vou chamando urubu de meu loro,
    Sem engolir sapo, nem dar mancada...

    Que se dane quem não sabe amar...
    Quem pensa que nasceu para semente,
    Quem canta vitória... se diz o maioral...
    - Mente... - Mente descaradamente!

    Lucidamente, amalucada sou...
    Louca de pedra, imbecil, abilolada,
    Fazendo versos, poesia, amando...
    Até que minha vida seja encerrada...

    E mesmo assim, partirei sorrindo,
    Valeu amar,  viver valeu a pena...
    Não levarei peso na consciência...
    Partirei tresloucada e serena!...
    © Mary Trujillo

publicado por SISTER às 07:08

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO