Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

02
Dez 10

Vejo o vento que se vê
nos movimentos das folhas dos coqueiros.
Ouço o vento no ruído do telhado
e no ranger da porteira,
onde passará o meu bem querer.

Vento, onde está quem espero?
Diga-me, por favor.
Da janela vejo o chão que eu pisei quando menino,
terra poeirenta tão distante,
mas sempre presente em mim.

Por quem esperei e espero sempre,
diga-me algo, vento do amor.
Se eu ainda fosse um menino
teria as visões das minhas noites insones
onde seu vulto amado surgia...

Guardo uma rosa sempre rosa,
onde ela não seca e nem murcha,
bem guardadinho em meu coração.
Ofertarei ao meu amor,
esse meu único bem.

É muito pouco, quase nada,
mas é tudo o que tenho,
em minha capacidade de dispor.
Vai vento, vai depressa,
traga o meu amor.



publicado por SISTER às 16:39

Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO