Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

05
Nov 10

Meu andar pé ante pé
não machuca  a plenitude
não se intromete na fé
do teu ser em quietude
por meu desmerecimento
que antes quis traçar um jeito
de dar norma aos sentimentos
que só fez magoar o peito
transbordante qual açude
num querer em amplitude.

Lá no sotão da saudade
da casa da minha avó
minha credibilidade
era em ti, ou estar só.

Sinto muita dor e inchaço
desde que caí, eu acho,
desde que morreste, penso
meu choro é dor e lenço.

Tanto  amei _e, de tal forma,_
que vivi em água morna
tal medo  da ebulição
plantei um incesto na alma
e um sim no coração.

Meu amor, porque persistes
em teu desejo por mim?
Há muito que não existes
nestas terras cujo fim
é só pó, melancolia
e o  nada acordar em dia.

Minhas penas não são calmas.
Ora são adornos, palmas
de quem vive em passarelas
ora são dor de viuva
vinho seco tinto e uva
castanhas e  mozzarella.

Meu amor, porque insistes
em ser meu, após  escarpas?
Pra cada escara a  escora
há muito que tu escapas
de uma onda havaiana
se mal cabes onde existes
se vives depois da hora?


publicado por SISTER às 13:40

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19

23
24
26

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO