Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

07
Out 09

Poetando vou...
Jogo versos sem métrica,
Solfejo em letras,
Sonho ao luar.
Caminho sem horizonte,
Buscando o que me resta,
No poente - a saudade!
 
Ah! tempo!
Em tuas fímbrias
O real e o imaginário se confundem.
Uma ode?
Um réquiem?
Um poema?
Um verso?
Ou uma lamentosa nênia ao luar?
 
Na verdade o  tempo
Ameniza a tristeza do poeta
Em doces,  suaves e saudosos cantos...
E dá a este cantante de letras
O tema,
A fantasia,
A solução do teorema.
 
E o sorriso  do sol da manhã,
A ilusão de tudo,
A perspectiva do nada...
O silêncio da prosa,
O êxtase em versos,
A confissão explícita,
Somadas a tristeza natural,
Se transformam em ternos poemas
Que componho para ti!



 

publicado por SISTER às 07:26

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
14
15
16

24

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO