Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

18
Set 09

            Lamparinas,  iluminam a razão
            Em  tênues e trêmulos focos
            Detendo  e submetendo a  paixão
            Dissipando-a,  em suaves  flocos

            Lamparinas,  iluminam o coração
            Atenuam batimentos, tolhendo momentos
            De ternos devaneios,  em contemplação
             Regendo  todos os sentimentos

            Lamparinas,  ostentam,  ternamente
            Iluminando,  aguardam o supremo instante
            Em que,  discretas,   apagam-se,   pausadamente...
            Para que razão e coração,  aliem-se,  silentes 

            Lamparinas,  esmorecem,  com brandura
            Ao surgirem tímidos sons,  em harmonia
            N'uma canção de amor a pairar,  com ternura
            Para um momento real de plena sintonia

            Lamparinas,  apagadas
            Expectam,  inertes
            A junção,  tão  desejada
             De dois amantes, enfim,  libertos

            Lamparinas ,  reacendem,  com vigor
            Num imenso calor incandescente
             Festejando e  bailando,  diante  do amor
             Iluminando lembranças,  por  eternamente





           

publicado por SISTER às 09:43

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

14
19

26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO