Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

01
Set 09

                    Quero voltar a me sentir mulher
                    Vibrante, amada, amante, apaixonada
                    Não como uma comum, uma qualquer
                    Quero ser aquela que fui outrora
                    Cheia de sonhos, ansiando planos
                    Pensando amar e me complementar
                    Ser só mulher e me embriagar...

                    Quero tirar dos ombros cargas pesadas
                    Livrar minha mente sempre carregada
                    Respirar liberta a minha própria imagem
                    Soltar as rédeas do meu coração
                    Ter desejos , atrações fatais
                    Ser mulher livre sem obrigação...

                    Quero voltar a me contaminar
                    Poder brincar só de namorar
                    Sentir carícias que venham me beijar
                    Em minhas ânsias pra poder desejar
                    Amar muito sem pestanejar
                    Ser ainda mulher pra poder sonhar...

                    Faz tempo me tranformei em fantasma
                    Alma penada das obrigações
                    Infeliz, vazia, cheia de desilusões
                    Sem me interessar mais meus vulcões
                    Deixar as armas d'alma no chão, em desalinho
                    Ser só uma sombra do meu próprio caminho...

                    Quero e desejo fazer ainda biquinhos
                    Estremecer com muitos chameguinhos
                    Viver sonhando só em me apaixonar
                    Viver de verdade só pra namoricar
                    Poder viver louca e me embriagar...

                    Ah! Que saudades dos meus encondidinhos
                    Dos segredinhos, pecando pecadinhos
                    De ser adolescente cheia de emoção
                    Descobrindo ser mulher cheia de paixão
                    Cativando um mundo só de ilusão
                    Mas perdi a luta, perdi meu chão...

                    De repente fui me transformando
                    Do amor louco fui me modificando
                    E a minha juventude só se apagando
                    Da ansiedade, restou só obrigação
                    Casada agora só restou pra ver
                    Muitas quimeras a se arrefecer...

                    Lembranças do tempo de outrora
                    Menina-moça, sonhos, ilusão
                    Nos meus encantos, alucinação
                    Desejando ser amada com muita paixão
                    Virei fantasma da minha vida de então...

                    Agora já pesada na idade
                    Sem ter mais aquela mocidade
                    Vivendo do meu passado, cheia de saudades
                    Lamentos soltos, sem ansiedades
                    Nada restou somente naufragou
                    Aquele meu sonho inteiro de amor...


                

publicado por SISTER às 13:30

Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

14
19

26



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO