Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

13
Ago 09

      Não quero riquezas materiais, luxos
      para amigo ver e cobiçar, invejando
      o que é meu, só porque não tem
      o mínimo de bom gosto, que usufruo.


      Assim ter uma biblioteca bem coordenada
      e uma casa sempre limpa, isso me apraz,
      por forma, a que de cara lavada, possa
      receber as visitas, no chegar da noite silente.


      Um sorriso no rosto de um amigo ao entrar
      na minha humilde casa, de entro tudo bem
      asseada, é um conforto para o meu pobre
      coração, sempre inquieto, desde as primícias.


      Aqueles que para terem luxos, deixam de
      se alimentar condignamente, para os poder
      adquirir, são totalmente submersos, pela
      grandeza que lhes dão, perfeitos idiotas.


      Sim. não passam de um zero à esquerda,
      porque luxos são coisas abstractas, de pouca
      monta: quem sabe nessa altura, pelejas
      travando, entre si, digam não ao embuste.


      Quem tem, tem. quem não tem, não tem.
      Sendo que os primeiros são uns frívolos,
      sem personalidade, enquanto os outros
      mantém sua identidade, e mais: vivem felizes.


      E ser apenas aquele que tendo o suficiente
      tem tudo. Que o novo-rico vai por aí a contrair
      obrigações, não para ser mas parecer-se,
      numa arrogância, do que nunca virá a ter.


      Ah, minha humilde casa, nas tuas salas não
      entram nunca a mediocridade e o pouco
      que tenho, jamais deixo que falte alguma
      coisa a alguém, acima de tudo, o bem-estar.




    

publicado por SISTER às 08:02

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15

16
18
19
20
21
22

29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO