Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

05
Jul 09

("Não importa como o Amor vem, seja uma amizade, seja uma paixão,
pois a forma muda, mas nunca o amor, sabedoria e aceitar o amor como ele é.")
 
Tantas vezes perdido entre a frustração de um passado que não volta ou a expectativa tola de um futuro que não se revela. Sentimos a dor pela perda ou não aceitamos que aquele ou aquela a quem amamos se vá.
 
Talvez sejamos egoístas demais e não saibamos ver que no fundo nada, absolutamente nada se perde tudo se transforma até mesmo o sentimento, assim não é do amor que realmente reclamamos, reclamamos que sentimento que nós é dado não é o que queríamos.
 
Conseqüentemente sofremos por carregarmos a ira da não aceitação em nosso coração, alimentamos a dor e frustração, por não sermos capazes de aceitar a vida como ela é.
 
Assim sendo nos vale pensar se amamos de fato alguém ou amamos apenas aquilo que julgamos ter nas condições e imposições que queremos.
 
Afinal Amar é entender que o amor não deriva do próximo nem mesmo tem suas raízes nele, o Amor vem de dentro do fundo de nosso eu interior, e somente quando somos capazes de nos amar somos capazes de entender o verdadeiro amor.
 
Amar verdadeiramente significa aceitar o amor sem regras ou imposições, entender que não importa se o sentimento que nos é dado vem como uma amizade ou algo há mais, pois no fundo muda-se a forma nunca o sentimento.
 
Amar e estar pronto para aceitar viver o agora, sem as sombras do passado ou expectativas do futuro.
 
Para finalizar esse texto gostaria de citar a história do jardineiro.
 
Havia em uma cidadezinha um jardineiro que queria que o seu jardim fosse o mais belo de todos.
 
Olhava pelo seu muro e via sempre o outro jardineiro da esquina com seu jardim lindo cheio de pássaros e borboletas.
Com o tempo foi ficando indignado e não entendia como o jardim do vizinho era mais lindo que o seu, um dia não agüentando a curiosidade perguntou a ele o que fazia para que seu jardim sempre fosse o mais belo de todos.
 
O vizinho olhando-o em seus olhos disse:
 
- Durante muito tempo queria que meu jardim fosse o mais belo de todos, copie inventei e sempre procurei nos outros a formula mágica, mas quanto mais procurava nos outros mas infeliz e superficial o meu jardim ficava. Contudo no dia que parei de esperar e comecei a cuidar do meu jardim dando a ele amor, carinho e proteção sem me importar com o que receberia em troca o jardim começou a crescer e ficar belo.
Sinceramente acho que o segredo não é procurar fora aquilo que sempre esteve bem dentro de nós.

publicado por SISTER às 14:47

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9

12
13
14
15

19
20
21
22

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO