Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

10
Mai 09

      Ante as imensas discrepâncias urbanísticas,
      aquando da construção de casas,
      fugindo de toda a realidade,
      do que são as casas portuguesas e sua arquitectura, 
      pois puseram-se os nossos queridos imigrantes,
      regressando a seu país,
      a  construir casas, ao estilo alemão, suíço e francês,
      com telhados próprios, para a neve,
      que nesses países, de acolhimento, eram normais,
      pela constância, dos nevões diários,
      o que aqui, em Portugal, à excepção, das Terras altas,
      não acontece, e, é de todo, um grande disparate.

      
      Pois que, para além de desvirtuar, toda a arquitectura
      portuguesa, com muitas, dessas casas, com telhados
      típicos, trazidos de outros países, onde o nevar é
      constante, o contraste é ainda mais gritante, quando
      vemos as casas, serem erguidas,
      em Terras, de vastas planícies,
      onde nunca neva nem nevará, pois que, quem reina,
      imenso no céu, é o intenso e fulgurante sol.

      
      Que não restem dúvidas, de que muito reconheço,
      aos nossos imigrantes,
      todo o seu sacrifício, deixando, quantas das vezes,
      para trás, filhos e esposas, para irem para um país,
      a eles desconhecido, e, sua forma de viver, trabalhando
      horas sem parar, para conseguirem trazer, para junto
      de si, os seus ente queridos, e, aí, no país, que os
      acolheu, fazerem suas vidas, impossíveis de realizar,
      no seu amado Portugal.    

      
      Mas, volto a perguntar, qual o sentido daquelas casas,
      totalmente fora do contexto, de seu país? Vaidade?



  

publicado por SISTER às 11:11

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

16

17
18
19
23

24
30



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO