Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

01
Jun 07
Estou para a poesia como para o ar que respiro,
Tudo em mim é uma envolvente e é dela que retiro
Todo o prazer que me é dado a ver, nesta singela
Vida, onde nem sempre o que parece é, mas nela
 
Me concentro e tiro os dividendos mais aprazíveis,
Como a chuva que vai lá fora, de gotas indivisíveis
Ou o vento que sopra na árvore e arrebata o olor,
Que chega até mim como um intenso e subtil frescor.
 
Sou poeta das horas tristes, de quando a noite cai,
E traz consigo as sombras derradeiras e distantes,
De um véu que amadureceu ao sol que se esvai.
 
Poeta do quase tudo quase nada, com o horizonte
Posto nos olhos, onde as palavras são agravantes
Do seu ser consciente, como água da mesma fonte.
 
Jorge Humberto
publicado por SISTER às 05:49

comentário:
Me agrada mucho este poemas, en realidad me gusta la poesía en general. Gabriela Mistral es una de mis favoritas. Los felicito por lo que estan haciendo espero sigan así, es valorable un sitio que aporte a la cultura de la gente y la poesía es cultura. yo formo parte del equipo de un sitio de poemas llamado Vivir poesía (http://www.vivir-poesia.com) y se que es difícil mantener este tipo de sitios y por eso los felicito. Ademas me agrada mucho el contenido que tienen. Saludos y sigan así.
Fernando a 1 de Junho de 2007 às 13:53

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO