Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

27
Out 08

      Sou pássaro a buscar
      abrigo entre galhos
      de um chorão.
      Sou rio a carregar
      lembranças da nascente.
      Sou margem que
      se abraça.
      Sou relva na espera
      que a brisa suave
      me faça dançar.
      Sou orvalho que chora
      beijando a natureza.
      Sou pedra que comunga
      a terra.
      Sou a própria terra
      que luta para não secar.
      Sou sol ardente,
      o frescor da chuva,
      a nuvem e a sombra
      da nuvem.
      Sou lagarta,
      casulo,
      crisálida.
      Sou toda espécie.
      Sou cada onda do mar,
      mar,
      areia,
      grão.
      Sou paralela,
      linear,
      ponto de início
      sem ponto final.
      Sou barro,
      sou pó,
      sou espelho de mim.
      Sou asas,
      sonhadora,
      louca,
      voadora.
      Sou tudo,
      nada.
      Sou o amor
      que te guardei.
      Sou espermatozóide,
      o mais forte.
      Venci.
      Sou vida,
      sem hora da morte.
      Ciclo universal.
      E tu? Quem és?

publicado por SISTER às 11:51

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9



28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO