Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

30
Nov 09


Ah, noite que abala, descontrola,
Alucina meus nervos e coração...
Que põe fogo em meu corpo inteiro,
Saudade imensa derramada na canção...

Diz onde, diz como, diz por quê?
Por que amo tanto o teu ser?
Esse amadeirado perfume de amor,
Essa carícia desvairada ao amanhecer...

Ah... Homem da minha vida...
Misto de deus, bruxo, duende e louco...
Que faz amor como se colhesse flores,
Levando-me ao paraiso pouco a pouco...

Nesta noite, me entrego mais uma vez,
Sem pensar, ao teu canto, teus recantos,
Sorvo em teus lábios, mel, prazer, vida...
Vou escorregando desvairada no teu encanto...

Transpassa meu peito com tua energia,
Que todas as luzes brilhem em meu olhar...
Colha em meus braços toda razão de viver!
Desnuda tua existência, vem me amar!

 

publicado por SISTER às 14:42

Ah, noche que sacude, descompone,
Alucina mis nervios y mi corazón
Que pone fuego a mi cuerpo entero,
Añoranza inmensa derramada en la canción.

Di ¿dónde, cómo?,  di ¿por qué?
¿Por qué amo tanto tu ser?
Ese enmaderado perfume de amor,
Esa caricia enloquecedora al amanecer...

Ah... Hombre de mi vida...
Mezcla de dios, brujo, duende y loco...
Que hace el amor como si cogiese flores,
Llevándome al paraíso poco a poco...

Esta noche, me entrego una vez más,
Sin pensar, a tus rincones, a tu canto,
Absorto en tus labios, miel, placer, vida...
Escurriéndome delirante a tu encanto...

Traspasa mi pecho con tu energía,
Que todas las luces brillen al mirar...
¡Recoge en mis brazos toda razón de vivir!
Desnuda tu existencia, ¡ven a me amar!

 

publicado por SISTER às 14:42


Estrelas vejo em seus olhos...
Que cintilam de amor e desejo...
No afã do contato, do amasso...
Regado de carinhos e beijos...

Estrelas, cometas, luar eu vejo...
Quando me apertam seus braços.
Sua voz... É como um belo soneto,
Preenchendo todos os espaços!...

Vejo estrelas emocionadas piscando,
Querendo acariciar o universo...
A madrugada enlaçando os campos,
Derramando poesia, fazendo versos...

E tudo o que sei... É amar... Amar!...
Beijar seus lábios ardorosos, quentes...
Como um colibri sugando o néctar da flor,
Esvoaçando... Irrequieto... Alegremente...

Assim... Nos entregamos aos sonhos,
Aos mistérios deliciosos do amor...
Despertos na noite como as estrelas...
Bebendo da vida... O melhor licor!...

 

publicado por SISTER às 14:40

Não importa se este... É um mundo virtual...
É real o ser que está atrás
da tela de um computador...
É real o amor ou o ódio que
esse ser espalha!
E... Cá entre nós...
Quantos corações perversos
E mentes doentias e desconexas
Estão atrás desta telinha?
É um tal de fique com Deus!
Deus a abençoe...
E vejo a Net a cada dia mais e mais...
Ser pulverizada pelo mal...
Vejo pessoas boas serem magoadas.
Uma guerra silenciosa
De bandos daqui e de lá.
Vai despejando todo
o tipo de maldade!
Pvts e fofocas correndo
Num vai-e-vem... Transloucado...
Semeando ventos e 
Espargindo torpes tempestades!
Tudo é pura inveja e vaidade!
E nesse arrastão de ira e crueldade...
Pisoteiam pessoas queridas,
Sem a menor cerimônia.
Sem piedade!...
E... Eu aqui parada...
Vou lendo tudo e pensando...
No que está se transformando
o nosso mundo?...
São pessoas de verdade, são seres
De carne e osso que manipulam
Essas máquina maravilhosas.
No entanto... O mal que existe nelas...
É voraz e fecundo!
Por onde passam...
Vão destruindo tudo!
E eu aqui...
Sigo pensando e gritando
Com os meus botões...
É preciso dar um basta
A tudo isso!!!
É preciso que toda
A erva daninha seja arrancada!
É preciso que toda perversidade
Desses seres... Seja desmascarada!
Banida do nosso meio!
E que Deus tenha piedade
Dessas almas penadas!...

 

publicado por SISTER às 14:38

Eu queria dizer algo mais
Mas não posso
Tudo o que faço morre comigo
E se extinguirá numa flor amarela

Grandes barcos cruzam os largos oceanos
Palavras são lançadas ao mar
Ilusões afundam nas profundezas
Isca para bocas famintas

Eu vejo o seu rosto na face da lua cheia
Entre nuvens jamais navegadas
E mesmo quando os lábios não querem
Os lábios falam

Alimenta-me.Senhor!
Dá-me alimento
Pois sou um homem de pouca fé
E conhecimento

Eu queria ter certeza deste momento
Não houve tempo
Para fechar os olhos
As sombras da noite roubaram minha alma

Esta coisa que não passa
Parasita que cresce no coração
Deixa raizes delgadas
Sentimento viajante

Os sinos abrem as portas para outra dimensão
Enquanto asas silenciosas deslizam entre os mundos
Não se esqueça de mim .Senhor!
Esta é a vida que tenho


 

publicado por SISTER às 14:36

27
Nov 09


Quando na alma caem as chuvas do inverno
E o minuano vem tombar nossos castelos
Sentimos então que neste plano
Somos apenas meros estradeiros


Os aguaceiros são orvalhos tão somente
Sobre o castelo reforçado da ganância
Que na instância pode a alma rodopiar
E germinar no coração a paz inquieta


E neste turbilhão de paz e guerra
Cada um constrói a sua meta
Por veredas com flores e espinhos
Que precisam também de chuva e sol!


O riso e o pranto são misturas
Que as criaturas precisam saborear
Pra acreditar que a vida tem sentido
Aos ouvidos, aos olhos e ao coração !


Estende a tua mão sem preconceitos
Num gesto de amor e de bondade
E tem por companheira a verdade
No enlaço fiel de seus preceitos!

publicado por SISTER às 13:23

Não consigo achar rimas
para minhas criações;
perdi a noção do tempo
e das estações.
A caneta que seguro na mão,
desliza no papel,
registrando, cuidadosamente,
o que os meus pensamentos me dizem.
A imaginação, outrora adormecida
e carente de inspiração,
aprende outras canções de amores.
É inevitável não as cantar,
pois existe em meu peito
uma coreografia para a dor de amor.
Todos os enamorados
conseguem dançá-la;
basta entregarem-se
num longo e gostoso abraço.
Se houver queda, façamos dessa,
uma escada para a ascensão.
A história de um homem
e os seus princípios
não devem estar presos
a um passado ou a um amor.
Não tenhas medos ou receios
de te dar uma nova chance.
Sempre se pode recomeçar.
Esperança, para um coração cheio de amor
haverá um depois!

publicado por SISTER às 13:21

Que não pare as horas, que não pare o tempo.
Que eu não deixe de recomeçar.
Que eu ainda possa seguir em frente.
Que eu possa remover pedras de meu caminho e cantar...
Que eu possa sonhar, sorrir , criar, produzir...
Que eu não perca o dom da fala, mas que eu desenvolva
a habilidade mais sublime dos homens:
que eu não perca o dom de ouvir e de profetizar o amanhã.
Que não pare... Que não cesse... o meu dom de amar!
Que não acabe o meu viver e eu promova a cidadania,
pois tenho muito para descobrir de minha essência.
Que eu não deixe de ser mãe zelosa e dedicada,
pois, até agora minha tarefa foi aprender a ser filha.
Que eu não deixe de ser filha, mãe,
neta e irmã,
pois ainda tenho muito a aprender e recriar
para poder ensinar aos meus filhos e demais descendentes.
Que eu não deixe de ter a sensibilidade das mulheres,
pois tenho muito que aprender sobre o amor!
Que eu não deixe de ser amada, querida e respeitada.
Que eu não deixe de ser a mulher guerreira que sou.
Que eu ainda possa muito sonhar e traçar novas metas.
Que eu ainda aprenda mais e mais sobre o amor,
pois muito ainda quero amar, projetar, promover e semear.
Que se eu parar, em breve, seja para momentos de reflexão,
momentos estes que, certamente, serão de crescimento.
Parar? Não posso. Parar? Não quero, pois tenho que amar;
tenho que sonhar, cantar, andar,
correr, criar, viver.
Sou amor! Sou luz! Sou percepção!
Sou emoção! Sou esperança!

publicado por SISTER às 13:20

No meu coração
está a esperança, o amor, a felicidade,
a família, o Natal, a Páscoa.
No meu coração
estão as flores, os animais,
as árvores, a natureza;
tudo de bom.
Mas, além disso tudo,
no meu coração
está a angústia, a espera,
a saudade, o nervosismo
tal qual há no coração
de outras pessoas.
Espero um dia voltar
a Estância Velha,
cidade que muito amo.
Deus queira
que a minha vontade aconteça!

publicado por SISTER às 13:18


Amanheceu  sem sol,
tantas chuvas, nuvens escuras,
passarinhos cantando nos ninhos,
as flores estão maravilhosas,
o vento forte, um frio...
e sinto esperança...felicidade...
porque você sempre chega
com seu sorriso tão lindo,
que até percebo nas palavras
e aquece o meu dia tão nublado!

As horas passam rapidamente,
nem percebo que o dia se foi,
que mais um dia chega tão de repente,
surpreendo-me como sempre
percebo que estou sorrindo...
e sinto esperança...felicidade...
porque estamos indo, chegando...
mas sempre juntinhos, alegres;
cumplicidade em cada instante,
companheirismo, lealdade !

Esperança que move minha vida,
alegra meu dia-a-dia tão lindo
que sempre tem uma surpresa,
emoções tão gostosas que sinto !
Felicidade  gostosa, indescritível,
apenas sentida em meu coraçãozinho
que pulsa por você em cada instante
e nem sei as horas, o dia... nada !
Esperança...Felicidade...
é o que sentimos !!!

publicado por SISTER às 13:17

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

21

23
25
28

29


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO