Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

06
Nov 07
B em depressa passou Outubro,
        A calorados e chuvosos
        O ntem se despediu, deixando vir novos dias
        N ovembro chama-se o novo mês
        O nde os dias que ele abriga
        I rão nos preparar, para recebermos a
        T ão esperada estação das frutas,... das férias em
        E nsolarados dias de Verão!...

        Feliz Novembro à todos,
        Thais "beijaflor"
publicado por SISTER às 06:37

Tentei esquecer
  Dei tempo
  Pro tempo passar
  E eu tentar
  Um novo amor
  Arranjar
  
  Tentei esquecer
  Mas só faço lembrar
  Quando me ponho
  A pensar
  É em você
  Que fico a pensar
  
  Tento me iludir
  Finjo pra mim mesmo
  E me digo
  Que já esqueci
  Que nunca mais
  Vou lembrar
  Mas, é tudo enganação
  Tudo é farsa, fingimento.
  Eu não esqueço nada
  Quando o assunto é você
  
  Que posso fazer
  Não sei e nem quero saber
  Pois sem você
  Não sei viver
  É triste dizer
  Mas é a real
  Você é meu mal
  Mas é com esse mal
  Que eu quero viver
  ABittar
publicado por SISTER às 06:37

Os meses vão passando, o amor se concilia,
E toda a Natureza transformou a noite em dia,
Para que o sol nos banhe em sua essência
E não aja aqui qualquer tipo de dormência.

O amor quer-se sempre e sempre renovado,
Dizer um ao outro como é bom ser-se amado,
Em sorrisos largos, silêncios comprometidos,
Que nós temos ambos por mui bem havidos.

O tempo não faz caso do tempo, só a história
Contará a nossa querença e desejo de termos
Em conjunto aquela que será a nossa memória,

Que lembraremos como coisa boa acontecida,
Para juntos - de amor bem presente - sermos
Aquela coisa boa, que às gentes dá nova vida.

Jorge Humberto
publicado por SISTER às 06:37

Segui um caminho torto
  Um caminho errado
  Que eu sabia não dar em nada
  Mas segui por que sou teimoso
  Quero ver pra crer
  E nem vendo às vezes creio
  No que vejo
  E por isso hoje
  Estou aqui no meio do nada
  Esperando a chuva passar
  E a chuva demora a passar
  E a chuva continua
  Mais forte ainda
  Mas, eu sei.
  Que ela vai passar
  E eu ainda
Vou me dar bem
  Com ou sem um bem
  Do meu lado
  Eu ainda vou me dar bem
  ABittar
publicado por SISTER às 06:37

Recomeça mais um dia...
 Um novo sol,  para todos nós
já brilha, irradiando pródigo
 e espalhando por toda nossa terra
 as suas vitais energias...
Quero cantar com alegria,
 transbordando minha alma de amor
 em mais uma cantiga neste claro dia!
Imaginar vocês despertando
 e sentir que temos os mesmos desejos,
de darmos aquele gostoso beijo
 e um estreito abraço bem apertado,
sabermos que, embora distantes,
 as nossas almas
continuarão constantes e ligadas,
 seguindo passo a passo e lado a lado
 por estas lindas e infinitas estradas!
 Sorrir por sabermos,
que os nossos corações estão tão perto,
 ao olharmos mansamente o paraíso,
 através deste céu tão bonito,
que para nós, os anjos, deixaram aberto
e nesta doce paz que neste momento
 nos envolveu,
 falarmos deste nosso lindo amor
com Deus!...

Virgínia Maria
publicado por SISTER às 06:37

Raios me quebram na erosão do monte
me ralo e caio no clarão do raio.
Confundo trovão com o romper de fontes
acordo em manto de flores de maio.

Vôo canção por sobre  horizontes
desmaio em sol, ponto em que me esvaio
de antemão em busca de pontes
em minha direção teus passos de ensaio.

Parece infância a querer voar
pro lado de lá, morte e paraíso
retidos na íris bonito  tão leve ...

...jeito de criança, início de olhar.
O dia é um rosário nas contas do riso
à noite,
desmanche de alegria breve.


Elane Tomich
publicado por SISTER às 06:37

  B reves são todos os dias
        O u mesmo cada segundo
        A té que o relógio pare

        T udo tem um tempo exato
        A s horas, os dias, os fatos
        R esta-nos viver o momento
        D entro do nosso tempo
        E nriquecendo nossos atos

        Célia Jardim

publicado por SISTER às 06:37

Venha correndo ser minha flor
  Venha sorrindo meu amor
  Pois não quero nem tristeza
  E nem quero dor
  Quero viver de brisa
  Na brisa do Arpoador
  Quero pegar minha onda perfeita
  E me deitar na areia
  Quero seu beijo molhado
  Pra minha sede matar
  Quero em seu colo
  O carinho encontrar
  Quando eu lhe chamar de flor
  Venha correndo ser minha flor
  Além de flor meu amor
  Venha me dar seu amor
  Quando eu lhe chamar de flor
  ABittar
publicado por SISTER às 06:37

Por um dia de felicidade,
que vai deixar saudade,
um sonho vivestes,
nele não sofrestes...
Apenas coisas boas pela frente,
dando-te um prazer quase demente...
Da Natureza,
queres toda a beleza...
Das procelas esquecer,
viver em paz até morrer...
Dê-me tua mão,
liberte teu coração...
Solte o que tens na alma,
e verás que tudo se acalma...
Entrega-te a Deus,
e dê às dores d'alma, um adeus...

Marcial Salaverry

publicado por SISTER às 06:37

Capullo rojo de flor
      cubierto de hojas verdes,
      que aprisionan sus pétalos.

      Fragancia floral provoca
      en sedientos estambres,
      copioso estallido de polen:
      ramillete en orgía de amor.

      Ansiosos dedos varoniles,
      estimulan aquel rojo capullo,
      que en placentero orgasmo floral,
      al amor abre sus pétalos...

      Resbalan gotas de miel
      por su verde tallo.

      ©SKORPIONA
publicado por SISTER às 06:37

Quería ser poeta por un dia, para escribir
      Toda la belleza reinante en este nuestro mundo
      Quería aquí decir nunca mas ni descreer
      Del honroso hombre de si y por si tan fecundo

      Quería pintar un arco-iris y poder precaver
      Todas las dolencias, que de un modo infecundo
      Traz tanta tristeza algunas personas de bien querer
      Si fuese poeta era esto que yo quería enel fondo

      Y también que las malditas guerras acabasen
      Plantando la paz como en un inmenso jardín
      y que humildemente sin excepción tratasen

      De  cuidarse como hermanos, de un sólo corazón
      donde todo el principio tuviese  su fin
      En una eterna y perpetua palabra de gratitud

      Jorge Humberto
publicado por SISTER às 06:37

Errar é humano, cair no mesmo erro estupidez.
      Há por aí pessoas brincando de vã insensatez.
      Falta-lhes a humildade, que é filha da verdade.
      E simples se torna, agir-mos com simplicidade.

      É da história que não aprendemos com os erros.
      Nem que metamos na cabeça certeza a ferros.
      Então andamos por aí como se nada acontecesse.
      E tudo à nossa volta - ó desgraça! - fenecesse.

      Hoje ninguém se conhece nem os próprios vizinhos.
      Torpes caminhamos e enfim somos felizes sozinhos.
      Onde está a irmandade e a verdadeira preocupação?

      Julgamo-nos intocáveis e de certeza bem firmada.
      Porém temos de saber que não servimos para nada.
      Senão entregarmos aos outros o desejado coração.

      Jorge Humberto
publicado por SISTER às 06:37

Deixa-me entregar-te meus segredos,

            Recebe meu coração,

            Falar-te os meus sonhos,

            Divido contigo meus desejos,

            Compartilha comigo tua luz,

            Abriga-me quando te recolhes,

            Deixa-me completar meu coração com a tua pureza...

            Faz-te companheira de minha caminhada em busca do amor,

            Seja meu cenário em meio a noites de amor,

            Seja minha amiga em noites de dor.

            Tua beleza toca-me o coração a alma

            Faz-me criança perante teus encantos,

            Escravo de tua magia...

            Toca-me a pele,

            O coração,

            Conduz os meus dedos,

            Faz-me falar pela alma,

            Roça-me lágrimas de saudades,

            Tu és minha confidente protetora,

            Minha amiga eterna,

            Minha amante querida,

            Minha musa,

            Minha senhora...

            Mesmo quando me entrego ao sono,

            Sinto-te em minha alma, e

            Com seus raios de magia de amor me faz amanhecer

            Sobre esplendor de teu gêmeo o astro maior.

            Quero agradecer-te minha adorável Lua por tudo,

            e com certeza sei que ninguém me tiras...

            Pois Deus a criou...

            Amo-te!....

            

            Paulo Nunes Junior

publicado por SISTER às 06:37

És o astro dos reis! Vem! Apresenta-me o dia, traz teus encantos,

borboletas entre meus jardins, as flores que abrocham e corações que encantam.

Trás consigo o cantar dos pássaros que, recolhidos e protegidos pela senhora lua, estavam.

Traz-me a esperança através de teus raios límpidos que haverá momentos de alegria a tocar-me o coração.

Lança a tua luz aos corações que, tomados pelo rancor, tentaram fazer do dia de hoje, dia triste.

Vem com sua força dar mais luz aos oceanos.

Com teu jeito de senhor, coloca-se como nosso manto nestas horas que se iniciam, de modo que possamos ao labor nos dedicar e, cumprido nosso compromisso em mais este teu dia, nos preparar para o encontro da noite e sua magia com esta, que é amante, esta que te encanta e que te domina, afinal, ela é tua senhora: a lua!

Sejas sempre nosso instrumento de luz, beleza viva, proteção.

Sejas sempre tu, entre os astros, o rei!

 

Paulo Nunes Junior

publicado por SISTER às 06:37

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO