Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

17
Out 07
O amor não é sofrimento ou dor
          nem é como um cancer que a vida lhe consome
           aceite seu amor em liberdade
          não ache que ele ao voar em outros amores vai pousar
           isso é tortura, é  pura amargura
           para amar voce precisa a seu amor engaiolar?
          ou voce definha por amor?
          ou voce sufoca seu amor?
          por nao poder respirar
          por nao mais poder livremente voar
          e voar nao traduz deslealdade nem traição,
          desprezo ou indiferença
          mas se dessa forma nao concebe
          e amar sem liberdade
          com a presença eterna da desconfiança
          das suspeitas,  das deletérias suposições,
          de insensata paranoia,
          de descabidas situações...
          É somente sofrimento.
          Amar não é sofrer
          amar não é se torturar
          amar não é pesadelo
          Amar é suavizar e adoçar a vida.
          É alegria... longe mim amar ser tristeza..
          Portanto o remédio para essa obsessiva dor
          é que seu amor se mude para seus sonhos
          e esse amor se torne uma linda amizade

          Joe'A

publicado por SISTER às 07:43

Broa quente com manteiga derretendo...
            O café passando, cheiro e sabor
            A familia contente, à mesa, comendo...

            Tantas pequenas coisa de alto valor!
            A saúde, o conforto, o carinho, a harmonia...
            Repara nas bênçãos que te cercam
            Detenha-te nas horas normais de alegria
            E plenifica teu espírito nessa Paz do Amor!

            Eme Paiva
publicado por SISTER às 07:43

Solidão não é somente estar só
      solidão é estar sem voce
      sem teu cheiro, sem te ver
      e pior ainda , sem voce me querer

      de meu coração desmenbrada
      arrancada na sua partida...
      coração sangrando pela
      dor da grande ferida....

      que somente por inercia pulsa
      por não ter mais sentido de vida
      por sentir um vazio maior que meu interior
      ocupado somente por dor

      da falta de voce , dor maior
      que ja sentiu todo meu ser
      sentida no coração
      a solidão de voce....

      Joe

publicado por SISTER às 07:43

Solidão que vem me acompanhando
      e que no no meu peito habitou,
      por tua causa vivo lamentando
      à falta de um grande amor!

      Ó solidão, por que insistes
      em no meu peito morar,
      se só sabes me fazer ser triste
      por nunca ter tido alguém para amar?

      Mas, continuo a esperar
      que um dia vou poder te ver partir,
      e meu coração ,como pássaro vai poder voar;
      vai poder amar...vai poder sorrir!!!

      Socorrinha Castro
publicado por SISTER às 07:43

Era um vazio tão grande
      Uma vala onde jaziam corpos
      A maioria sem nomes
      Sobras do passado

      Perderam a identidade
      Quando tudo perdeu o sentido
      Provocado pela solidão sem fim
      Que você fêz nascer em mim

      Com o passar do tempo
      Monólogo e olhares vazios
      Então foi tudo parar lá
      Numa vala comum

      Enterrados os sentimentos,
      Alheia à vida, a solidão me envolveu.
      Não choro os meus mortos
      Nem sequer são meus
      Nus foram enterrados
      Na vala comum da Solidão sem fim
      Que você fez nascer em mim

   Malu Otero
publicado por SISTER às 07:43

Ah...Solidão
      Não se acanhe e chegue para o seu lugar tomar e de minha pessoa cuidar.
      Vem solidão, toma conta de mim, porém deixe um espaço para o amor chegar, e em meu coração morar.

      Não me deixe solidão, apenas venha e tome conta de mim, pois assim quando o amor chegar não sentirás a solidão lhe atormentar.
      Solidão....vem....toma conta de mim...
      Luciana Pinheiro
publicado por SISTER às 07:43

Quem no peito traz
      Amor verdadeiro,
      Sabe que é capaz
      De se doar por inteiro
      
      Mas sabe também
      Que não há dono de ninguém
      Fidelidade é um pacto
      Entre os dois, no ato
      De amor total.
      
      Fidelidade existe
      No coração que ama
      E não fica triste
      Porque também é amado.
      
      Fidelidade é criação
      Da mente humana
      E ela às vezes nos engana...
      
      Tire essa idéia de pecado
      Que só existe se não tiver amado...
      Sexo apenas por desejo
      É um grande ensejo
      Pra infelicidade maior...
      E insatisfação pior.
      
      Quando dois se amam
      Juntos amor proclamam
      Juntos sabem repartir
      Alegrias, tristezas e conferir
      As decepções causadas...
      
      Quando se ama e se é amado,
      E disso se está assegurado,
      A confiança é o bem maior
      Ela e o amor incondicional
      São o que há de melhor
      Para uma vivência ideal.
      
      Portanto, antes de cobrar,
      Assegure-se que soube dar
      Ao par a necessária segurança,
      Para que ele criasse confiança
      No teu amor, e pudesse se entregar
      Sem medo nenhum de te amar!

      **********

      Livia Garcia
publicado por SISTER às 07:43

Ás vezes me sinto só...

      Com uma vontade imensa de conversar com alguém...

      Alguém especial que me gostasse também....

      Não apenas um falar comum ao celular...

      Ou ao telefone sem nos olhos poder olhar....

      Um falar intimo de alma para alma

      dizendo dos nossos sonhos,

      olhando-nos além do físico,

      sentindo aquele prazer que não se pode conter...

      

      Mas sinto que o mundo está se trancando

      dentro dos seus problemas e muito pouco falando....

      Queria ouvir um violão dedilhando uma linda canção...
      Queria alguém para abraçar e, tantos sonhos desfrutar....

      Queria ao piano sentar e ali fazê-lo sonhar....

      Queria uma taça de vinho sorver,

      mas tudo isto,
      queria com você...

      

      Cada vez que perdemos um amigo

      Cada vez que sentimos que não somos eternos....

      Penso porque as pessoas retardam tanto

      realizar todos os seus encantos....

      Porque ficar eternamente procurando o perfeito

      Se SER humano também é ter defeitos...
      Se esta vida é somente um teste....

      Porque ficamos surdos quando á nossa porta chega um amigo

      que timidamente nos estende a mão

      e, dentro do nosso egoísmo não reconhecemos este irmão...

      

      Aí chega o dia do adeus....

      E, todos refletimos naquilo que não fizemos...

      Em todo o tempo que perdemos...

      Procurando no que partiu as qualidades que sempre ignoramos...

      Enquanto dentro de nós existe um deserto

      uma solidão , tantas lágrimas...

      Isolamento e auto piedade....

       

      Meu amor, amante, amigo , companheiro

      onde você estiver eu o aceito por inteiro

      Com qualidades que o tornam maravilhoso

      Com os defeitos que são seus desafios para crescer...

      Vem para minha vida e juntinhos vamos viver!

      E, assim quando chegar a hora da partida

      Você vai levar todo o meu amor para outra vida...

      Eu levarei para o infinito o amor,  que vivi,  mais bonito...


Penhah Castro


publicado por SISTER às 07:43

Não quero solidão
      já passei por ela...em vão
      sei o meu caminho
      como também não estou sózinho

      Vou seguindo levando a PAZ
      sei que sou capaz
      nada mais procuro
      "ELE" é meu porto seguro

      Empecilhos? vou enfrentar
      tudo...vou superar
      só quero amor dar
      a quem encontrar

      Seguirei esta proposição
      com fé e disposição
      "ELE" está comigo
      "NELE" tenho abrigo

      Quem estiver comigo
      Venha...temos abrigo
      Ouça a "canção"
      E venha...meu "irmão"

      Vamos unir nossa fé
      Com o amigo de "Nazaré"
      Ouça seu coração
      Vem...pegue minha mão!!!

     JRonaldo-JR
publicado por SISTER às 07:43

Chorem almas  comportadas que recebem na carne o fel  glacial,
      Sente  o infinito universal ao teu  manto pesado o  martírio de dor,
      Abrem -se as portas majestosas este limiar de súplica mortal,
      Sedes amigos do tempo imutável, do sentimento sabedor...

      Secretem o lacre vertente incrustado  aos guerreiros,
      Selem as verdades adicionadas de prantos ávidos exauridos,
      Lembrem-se do porvir de bênçãos acarinhados aos herdeiros,
      Do legado do amor, dos lamentos ofertados perpetuado e esculpido.

      Esqueçam o nome da filha maligna  das dores feiticeira,
      Vare de teus dias as insônias da paixão,
      Agarra-te firmemente aos ideais por lutas verdadeiras,
      Tuas penas têm contornos do Amor dos que se dão...

      Deste meu Amor que deseja oferta-lhe o colo macio,

      Deixem-me entrelaçar meus dedos em seus cachos,
      deixem-me secar com meus beijos vossas lágrimas,
      deixem-me lutar em vossas muralhas  como combatente da ingratidão,

      deixem-me caminhar em teu sofrimento e aplacar sua dor,
      Deixem-me invadir tuas marcas mais profundas, as marcas dos cristais,
      De lá retirar os extratos da sabedoria, do esquecimento e do perdão,

      Deixem-me, por fim, meus amados, percorrer-lhes o espírito docemente e replantar lá em vossos corações as sementes do Amor perdido...
      e, tão somente, dizer-vos:
      EU vos Amo!!!

      "Sabiam"?

      Princips
publicado por SISTER às 07:43

Solidão, Senhora!...Companheira...
      Senhora de uma vida vazia
      O vazio, que atormenta minh'alma
      Com a dor mais profunda,
      No abandono de mim...

      Senhora  minha!...
      Trazes o silêncio que atormenta, 
      Tira de mim o que tenho de mais legítimo!...
      A esperança na vida, no amor...
      A esperança de um dia encontrar a felicidade.

      Solidão!...
      Senhora das minhas noites insone,
      De meus dias sem sol,
      De minhas horas sem tempo real
      Em que o motim de sentimentos
      Traz a realidade do mais frio abandono
      Você Senhora, que tanto machuca!...
      Ao mesmo tempo me é companheira...

      Oh!... Sentir ingrato...
      Coração que se entrega sem luta!...
      Entrega-se a ti, deixando-se dominar...
      Seria eu um fraco em procurar em ti proteção!?
      Proteção para fugir das verdades desta dor!...
      As verdades de quem foi traído
      Exposto a lama do não ser amado!?

      Logo eu, que só fiz amar, dar de mim...
      Para agora ficarmos apenas eu e você
      A quem adoto por companheira
      Para libertar-me de meus medos
      De futuras frustrações, traições!...
      
      Senhora que à muitos é bruxa,
      Que de hora em diante faço a adoto.
      Caminho a ser seguido!...Morte em vida...
      Vem para mim!... Sem demora
      Para juntos, percorrermos os mundos
      Dá-me força...Empresta-me a coragem
      Revela tudo aquilo que meu coração sente
      Neste tempo de ingratidão
      Um tempo em que busco esquecer,
      Fugir de meus próprios sentimentos!...

      Senhora!...Vem!...Entra...
      Domina de vez minhas vontades
      Mas seja piedosa, não me castigue
      Já fui castigado!...
      Não permita que meu coração se abra
      A estranhos e aventureiros sentimentos.

      Vem proteja-me!...
      Mesmo que me coloques por vezes,
      No escuro aonde eu não possa ser notado!...
      Vem, domina meu ser por inteiro,
      Conduz meus caminhos...
      Mas seja minha companheira
      Protegendo-me das desilusões
      Da dor do amor não correspondido.

      Vem, toma o lugar desta paixão insana
      Que me quer dominar!...
      Fogo que arde, invade minhas entranhas,
      Toma conta do meu presente
      Reporta-me ao passado!...
      Ocupa meus pensamentos mais íntimos...
      Meus desejos.
      Apaga a chama do querer sentir prazer...
      Faz-me frio e inerte a este sentimento selvagem
      Fazendo-me imune ao desejo da carne,
      Pecaminoso!...
      Cobra o que não consigo ser...

      Vem senhora minha!...
      Proteja-me de tudo que fere o coração
      Abala minh'alma!... Desespera,
      Fazendo-me quase desistir da vida...
      Vem senhora, penetra em minha vida...
      Traga o aconchego de tua muralha

      Enfim estarei só!... Eu e você
      Estarei em meu canto
      Protegido de tantas dores
      De tantas traições...
      De tantas marcas e descasos!...
      Da apatia de uma vida vazia

      Vem solidão!...Senhora minha...
      Toma conta de mim...
       
Paulo Nunes Jr. & Carmen Ortiz Cristal

publicado por SISTER às 07:43

Você, nas brumas do tempo,

      Distância que não se acabe,

      Ansiedade que traz tormento:

      Você + distância= saudade



      Desejo de um terno alento

      de que um dia, quem sabe,

      tenhamos o nosso momento,

      você + eu = nós ; felicidade



      Entregues a um sentimento,

      que as nossas almas invade

      eu + você = contentamento



      Aplacando a chama que arde

      dois corpos em mil movimentos

      teu corpo+ o meu = eternidade

 Jorge Linhaça
publicado por SISTER às 07:43

Rumbo hacia la cumbre de su vida,
      el hombre en denodado sacrificio,
      transita por senderos escabrosos.
      Lágrimas sin llanto gota a gota,
      transpira cada poro de su cuerpo.

      Trayecto que lo deja sin aliento,
      con la boca reseca sin saliva;
      agrieta la tersura de su piel,
      que arruga luego con los años;
      ojos que otean en tinieblas,
      perlas que caen al vacío;
      hebras canas junto al viento,
      raudas vuelan en su huída;
      muros grises de lamento,
      tropieza entre las piedras;
      sangran y supuran las heridas,
      que cicatrizan con el tiempo...

      Ruleta indolente de estaciones,
      implacable gira en su rutina.
      Seduce a un cuerpo ladronzuelo
      que hurta horas al reloj,
      aferrándose al juego de la vida
      como empedernido jugador
      y obstinado insiste en ascender,
      arrastrando lerdo entre peldaños:
      sueños, ilusiones y sus huesos,
      con joroba a cuestas.

      ©SKORPIONA
publicado por SISTER às 07:43

Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO