Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

28
Mar 07
Ainda tinhas o meu cheiro
e os meus versos,
quando dela te aproximaste.
Ainda tinhas o meu gosto na boca 
quando a beijaste.
E foi com meu amor que a amaste...
Mesmo que rasgues
em pedacinhos
minhas fotografias,
ou mates em ti as nossas fantasias,
estarei tatuada
para sempre
nos teus dias.
 
odeteronchibaltazar
publicado por SISTER às 06:30

Teve dias neste meu caminhar,

 
que estive prestes a atravessar a ponte...
 
Mas um anjo me disse:
 
volte e te refresques em fontes.
 
Ainda não é hora de voar...
 
Enquanto ficar por aqui
 
vou reunindo lembranças,
 
amigos, amantes, dores, alegrias.
 
Mas sempre com a certeza
 
de que minha hora há de chegar.
 
Partir e enfrentar a caminhada
 
é um desafio constante,
 
mas que me dá forças pra lutar.
 
Minha passagem por esta vida
 
tem valido
 
cada lágrima ou sorriso dado.
 
Espero cumprir a minha sina
 
de ficar sempre a esperar...
 odeteronchibaltazar
publicado por SISTER às 06:29

Múltipla, 
estou aqui e acolá.
Divido-me
em mil ,
torno-me fumaça,
deixo de estar...
Sou água límpida,
sou aluvião.
Sou nuvem,
sou chuva,
sou poeira ínfima
ou pedra de vulcão...
Sou gota de mercúrio dividida,
espalhada pelo mundo,
pelo tempo reunida 
e amparada por tua mão.
      
odeteronchibaltazar
 

publicado por SISTER às 06:28

Não sou de ninguém, talvez
De um outro, que aqui não está,
E espero sereno a minha vez,
Para ser só o que não há.
 
Minha eterna saudade de mim,
Minha saudosa resignação,
Lembra-me o que fui para ti,
Quando eu ainda era só coração.
 
Recolhi-me ao mistério de meu
Ser, descobri as diferenças,
Quando o que tinha também era teu.
 
E nesta circunstancial ponte,
Entre o que fui e as minhas ausências,
Redescubro, enfim, a minha fonte.
 
Jorge Humberto
publicado por SISTER às 06:27

Eu não sou eu, sou qualquer coisa
De intermédio, ponte de passagem
Para outro lugar. Mas se sou coisa,
Porque viver esta eterna miragem,

 
De ser como os demais? Sou o meu
Próprio desapego, em causas tão
Circunstâncias, que me leva ao teu
Momento, onde impera a sublevação,
 
Que faz de nós os nossos próprios
Rituais. Não quero nada e nada peço,
Sobranceiro a mim e aos impróprios
 
Caminhos, que me seduzem por igual,
Quando é de mim o que meço,
E vejo-me como cousa simples e banal.
 
Jorge Humberto
publicado por SISTER às 06:26

27
Mar 07

O amor é uma coisa estranha,
que a gente sempre estranha...
Quando o temos,
por vezes sofremos,
mas se o perdemos,
mais tristes vivemos...
Realmente é uma coisa estranha
esse tal de amor,
que tanto nos traz calor,
como nos causa dor...
Sem ele, não vivemos,
por causa dele, nos perdemos...
E então, como ficamos?
Amamos, ou não amamos?
Ora... se dúvidas existem,
os desejos persistem...
Então... seja estranho ou não...
Vamos viver a vida com satisfação,
sempre procurando amar um amor...

Marcial Salaverry

publicado por SISTER às 07:41

Enquanto o mar beija a areia,

eu sonho com os beijos teus...

Meu pensamento feito uma teia

vai tecendo os carinhos meus...

Enquanto o mar suspira pela lua,

eu desejo ser sereia...

Mergulhar no teu Ser nua, ser tua

e te encantar com a poesia

do canto das baleias...

Enquanto o mar docemente

com pérolas veste a lua,

eu te espero eternamente

com duas esmeraldas,

no meu olhar ,

são tuas...

Naidaterra

publicado por SISTER às 07:38

Amar quem nos ama...
  Sermos amados por quem amamos...
  Quando o coração pelo amor clama...
  Quando estamos perto de quem desejamos...
  Sem dúvida é o grande sonho,
  que deixa qualquer um risonho...
  Quando amamos alguém,
  e não queremos a mais ninguém...
  Quando esse alguém nos ama,
  e por nossos beijos reclama...
  é quando nas nuvens nos vemos,
  sermos felizes, é o que queremos...
  Queremos amar a ser amados...
  Felizes e apaixonados...
  Esse é o grande desejo dos enamorados...
  Com amor sermos beijados...
  Com muito amor beijar,
  fazendo o coração vibrar,
  com essa capacidade de muito amar...
  Amar com reciprocidade...
  Essa, a grande felicidade...


Marcial Salaverry

publicado por SISTER às 07:37

Ah! Amor quero juntar meu feminino
ao seu tão forte masculino
Meclando os cheiros excitantes...
Não quero esperar pelo amanhã...
A vida corre em nossas veias
e, o viver HOJE é o melhor que podemos fazer...

HOJE quero abrir meu coração
Quero alimentar sua emoção
Abocanhar o seu querer
Usufruir do nosso viver...

HOJE sou sua fêmea , feminina, mulher
sou fogo ,sou tudo o que você desejar
sou inocente, sou indecente,
sou mulher , travessa, brincalhona...

Deixa-me ser a sua dona?
Você está na minha poesia
Em todos os meus dias
Nos meus sonhos diários
Acariciando minha imaginação
Beijando-me até a exaustão...

Vem amor fazer da vida
noites de pura folia
Vestindo a mais linda fantasia
de encantos , carinhos ,de muito prazer...
Vou guardar o brilho das estrelas no olhar ,
O calor do sol aquecendo meu coração,
Minha sensualidade aflorando em meu tesão
Refletindo meu desejo,nos olhos da sua paixão....


Penhah

publicado por SISTER às 07:36

Hoje, comece por agradecer o dia,
logo quando o sol tocar o seu rosto.

Agradeça aos pés, às mãos, à visão, à audição,
à voz, pois estão em você para ajudar e ser fiéis
instrumentos do seu labutar e do seu vencer.

Você tem ainda a agradecer as condições de família e
emprego mas, em especial, agradeça o grande dom
de pensar e do supremo sentir, que são luzes no
caminho, fazendo o seu progresso
até uma alta expressão.

Confie em Deus e nos seus valores, persista no bom
sentido, levante a bandeira do otimismo e da fé,
ame e com toda certeza será feliz.

O agradecimento sincero é pingo de paz na consciência.

Lourival Lopes

publicado por SISTER às 07:36

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


18

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO