Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

08
Mar 07

Mulher, Esposa, Mãe!
É infinda a beleza que deslumbra
em você minha amada!
Qual amada me fascina!
Como companheira me encanta...
Mulher e amante me extasia!
Quando mãe, porto seguro.
De sublime devoção.

Composição poética de vida.
Vida que foi sendo edificada
com muito amor e carinho...
Tendo como base esta edificação,
respeito, carinho e amizade.
Reforçada ao decorrer dos anos
por afeto, ternura e simplicidade.

E para ataviar esta vivenda...
Adornos de amor, carinho... Você!
Casa, trabalho, filhos, sorriso... Você!
Mulher, menina, amizade... Você!
Mulher, amante, vida... Você!
A mais sublime das virtudes, mãe!
Mãe delicadeza e carinho... Você!
Amor maternal insuperável... Você!

Com esta imensa capacidade de amar
e a maestria que envolve tudo que faz
como a batuta do maestro,
Orquestrando essa vivenda
bondade infinita para com os seus.
É por demais preciosa em nossa vida.
Contudo, resta dizer: Eu amo você!
Mãe, Mulher e Eterna Menina...!

Luis Carlos Mordegane

publicado por SISTER às 06:17

Pra você Mulher
Que trabalha duro
Volta pra casa
E ainda tem que trabalhar

Fazer o trabalho
Mais duro
Que é o trabalho de casa

Pra você mulher
Que é valente
Que encara o batente
De frente

Que é mãe
E ainda dos filhos
Tem que cuidar

Pra todas as mulheres
No dia Internacional
Da Mulher

Quero dar meus Parabéns
Pra vocês que seguram a barra
Do seu homem desempregado
E vocês têm que sustentar tudo

Sem nem mesmo reclamar
Pra você mulher
Minha boina eu quero tirar

E pedir a Deus
Que proteja
Todas as mulheres

São meus votos
Mais sincero

Américo Bittar

publicado por SISTER às 06:16

Não sei da estrela
Não sei do mar
Só quero amar
Quem me amar

Não sei da lua
Não pisei na rua
Não a vi nua
Mas sonhei ver

Verdade eterna
É terna a verdade
Dita sem maldade
Com espontaneidade

Não sei se troco
Alho por bugalhos
Ou se coloco
Óleo na frigideira

Minha companheira
De cama e cozinha
Afirmou que hoje
Vai chover

Mas se chover
Que não chova
Em cima de mim

Nem perto de mim
Não estou disposto
A ficar gripado assim

Se espirrar saúde
O ataúde já esta pronto
E esta no ponto

Mas não precisa empurrar
Eu sei ir sozinho pro meu lugar
Então ta até, qualquer hora.
Até algum dia, valeu adeus!

ABittar

publicado por SISTER às 06:15

Não sei de nada
Não quero nada
Só estou tentando
Fazer escrevendo

Um poema longo
Que vai se unindo
E se dispersando

Não se preocupe
Não estou louco
Mas falta pouco

Pra eu ficar
São várias formas
De poemas

Que estou
A estudar
A construir

Como tenho tempo
E a cuca vazia
Vou seguindo

Conto com a sua colaboração
E também com sua paciência

Mas há no todo
Uma certa coerência

E com alguma tolerância

Sei que chegarei
A um final feliz

Enquanto tento
Tenha calma
Eu chego lá

Mais cedo
Do que se possa esperar
Eu chego lá

Ou morro no caminho
Tentando, tentando
Chegar em algum lugar

Que se eu chegar
Eu volto pra contar
Como é.

ABittar

publicado por SISTER às 06:15

Estou de pé
Na parte dura
E úmida
Da areia da praia
Na margem
Onde o mar
Meus pés
Vem molhar
Ele vem
Molha meus pés
E quando volta
Eu afundo um pouco
Estou fazendo
Um buraco
Mesmo sem querer
Vou ficar
Pra ver
O quanto
Eu agüento
Ficar sem cair
Ou se vou
Chegar a cair
Será que o mar
Quando eu cair
Vai me carregar?
ABittar

publicado por SISTER às 06:14

Nada é tão sério
Que não se possa
Dar uma boa risada

Com tanta pizza
Voando por ai
Sinto vontade de rir

Porque de chorar
Já estou cansado

ABittar

publicado por SISTER às 06:13

Quando penso em você
As palavras fogem
Não sei o que dizer
Quando penso você

Quando perto de você
Meu coração dispara
E parado eu fico
Horas e a lhe olhar

Você diz que não é hora
Pra gente brincar
E sério perto de você
Eu não consigo ficar

A verdade é que eu te amo
E se começo a rir
É porque estou nervoso

E se estou nervoso
Eu rio ou eu choro
Mas perto de você
Eu prefiro sorrir a chorar
ABittar

publicado por SISTER às 06:13

Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9


18

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO