Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

17
Ago 08

E é este amor, que não me deixa descanso,
      de por ele e para ele viver, a cada instante de
      minha vida, que me deixa assim quedo,
      por sobre a mesa, ansiando os passos anunciadores,
      de tua chegada, para lá da porta, a nós fechada.

      E em sobressalto saio do meu torpor, corro para
      a porta, para te dar as boas-vindas, com um beijo
      tão só nosso, onde selamos segredos, à meia-luz,
      do compartimento bruxuleante, da sala de estar.

      Dizes-me cansada. que a vida não está para menos!
      solicito-te uma flor. de minha, para a tua mão.

      Agradeces-me, com um sorriso, que vestem teus olhos,
      de palavras surdas, que não necessitam de vocabulário,
      pois que eu bem as entendo, em cada traço de teu rosto.

      E enquanto assim repousas e ouves a ternura do meu
      espanto, por te ter de volta a mim, levo-te a lavar os
      cabelos, quais novelos, de fazerem inveja a muita gente.

      Bem lavados e melhor secos (os cabelos), repito-te,
      vezes sem conta, de como, para mim, és a mulher mais
      bela, deste mundo, razão de meu viver e de meu cuidado.

      Jantamos e rimos e pusemos a conversa em dia!
      e, sem dar por isso, fez-se alta a noite lá fora.

      Por fim tudo cuidado e arrumado, resolvemos deitar-nos,
      num abraço de corpos, que, mais uma vez, se
      mostram unificados e demais desejados.

      Até amanhã, meu amor! Dorme em paz!


     

publicado por SISTER às 09:43

Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO