Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

17
Jun 08

Tu me pedes um poema sobre a paz...
Arbitrária, a consciência me intima;
Tu só queres poesia, nada mais,
Faço um verso solitário...falta a rima...
 
Minha dor inevitável me vitima
O que quer o meu silêncio ? Poesia ?
A tristeza me maltrata e desanima,
Mas o tema paz me acorda e desafia.
 
Não há paz que não decorra de uma guerra,
Não há guerra que acabe sem deixar
Sobre a relva que resiste sobre a terra
Uma lágrima que brota de um olhar.
 
Todos querem uma paz que não existe,
Pois enquanto houver alguém chorando um morto,
Haverá um coração vazio e  triste
E o navio do amor deixando um  porto.
 
E enquanto houver alguém passando fome
Solitário,  sem nem ter onde morar,
Sem família, sem destino e sem nome
Mas... que paz nós haveremos de cantar ?
 
 
Sou poeta, faço versos, sei compor.
Mas enquanto a poesia se enfeita,
Toda a paz que existe em meu interior
Se dissolve numa lágrima...
perfeita.
Luiz Poeta

publicado por SISTER às 08:12

Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO