Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

19
Abr 08

Meu coração é livre e despretensioso

De um porte olímpico e pagão

É malandro, folgado e manhoso

Cigano eterno, por convicção

 

Meu coração é um abrigo desmedido

De emoções constantes... coloridas

É dócil, sendo um tanto atrevido

Alegre, como são as margaridas...

 

Meu coração é rebelde, gozador

Travesso e também sentimental

É ardente, envolvente no calor

Do amor que lhe é próprio e natural

 

Meu coração é sensível e delicado

Extremamente sério, quanto as suas decisões

É desatento... É desmemoriado

É surdo e cego em suas paixões!

 

Meu coração, na verdade

É simples demais para querer rimar

É honesto e puro, em sua densidade

Etéreo demais para se aprisionar!

 


Priscila de Loureiro Coelho


publicado por SISTER às 06:49

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO