Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

28
Nov 10

Existem momentos em nossa vida em que
não conseguimos achar uma saída.
Parece que tudo se volta contra nós,
dívidas, inimizades,
relacionamento que começa a naufragar,
desemprego, doenças, etc.
Tudo começa a ficar estranhamente sem sentido,
então nós nos perguntamos:
por quê tudo isso?
Olha, poderia te apresentar uma dezena de respostas,
desde as mais científicas e exatas que
poderiam apontar para um descaso de sua parte,
até as mais esotéricas que apontariam a inveja,
o olho gordo e outros sortilégios.

Mas, o que interessa para você nesse momento de dor:
saber o porquê ou resolver o problema?

A minha inteligência insiste em dizer que
você vai optar pela solução do problema,
e a solução do problema passa pela
disposiçào de fazer mudanças,
as vezes radicais,
na sua maneira de agir e viver até agora.
Acredite, toda dor é causada em
grande parte por nossos próprios atos,
seja pela invigilância, pelo descuido, pela boa fé,
e as vezes até para tirar partido de uma situação,
aquela em que você acredita piamente
que está levando vantagem e vai ser depenado.

Pare tudo. Pare as queixas,
as lamentações e veja onde você anda pisando.

Nos relacionamentos, por exemplo,
você acredita em tudo que te dizem?
Acredita em amor virtual?
Acredita em alma gêmea e amor único?
Abre mão da sua vida para atender
os caprichos dos outros?
Anda se preocupando mais com os outros
que com a sua própria vida?
Faça a listinha do que você anda fazendo
de errado e prometa uma mudança
e esforce-se para mudar esses pontos
que só trazem desgosto.

No campo financeiro, será que você não
anda gastando além dos limites?
Será que você não anda comprando pela empolgação?
Faça a lista de quantos aparelhos
você comprou e nunca usou.
Quantos CD's que você mal ouviu?
Quantos sapatos que já saíram de
moda e eram somente para uma estação?
Quantos arrependimentos você já contou esse mês?

No campo espiritual,
e esse é o mais importante de todos, me conta:
quanto tempo você tem dedicado à Deus?
Quanto tempo você se envolve com a sua religiosidade?
Você tem freqüentado a sua Igreja com regularidade,
ou você nem sabe o que é uma igreja há muitos anos?
Sua conversa com Deus tem sido um eterno pedir,
pedir e pedir?

Faça essa análise e você  terá a resposta para
a maioria das dores que você
vem enfrentando na sua vida.
Você tem coragem para tantas coisas,
você quer tantas coisas então não tenha
vergonha de admitir que tem errado
tantos fatos na sua vida e que você
precisa de uma ajuda
"acima dos homens", "acima da vida".
Peça sinceramente, com o seu coração,
uma oportunidade para "renascer com Jesus",
para ter um "encontro verdadeiro com Ele".

Você vigia os seus erros,
apóia-se em Jesus e nada, nada te faltará.
Faça as contas, verifique os erros e mude.
Mude tudo o que for necessário.
Não importa a dor que vai causar no seu orgulho,
importa sim a sua libertação para
uma vida plena e cheia de abundância.

Pense nisso!

publicado por SISTER às 15:46

02
Out 10

Existem momentos em nossa vida em que
não conseguimos achar uma saída.
Parece que tudo se volta contra nós,
dívidas, inimizades,
relacionamento que começa a naufragar,
desemprego, doenças, etc.
Tudo começa a ficar estranhamente sem sentido,
então nós nos perguntamos:
por quê tudo isso?
Olha, poderia te apresentar uma dezena de respostas,
desde as mais científicas e exatas que
poderiam apontar para um descaso de sua parte,
até as mais esotéricas que apontariam a inveja,
o olho gordo e outros sortilégios.

Mas, o que interessa para você nesse momento de dor:
saber o porquê ou resolver o problema?

A minha inteligência insiste em dizer que
você vai optar pela solução do problema,
e a solução do problema passa pela
disposiçào de fazer mudanças,
as vezes radicais,
na sua maneira de agir e viver até agora.
Acredite, toda dor é causada em
grande parte por nossos próprios atos,
seja pela invigilância, pelo descuido, pela boa fé,
e as vezes até para tirar partido de uma situação,
aquela em que você acredita piamente
que está levando vantagem e vai ser depenado.

Pare tudo. Pare as queixas,
as lamentações e veja onde você anda pisando.

Nos relacionamentos, por exemplo,
você acredita em tudo que te dizem?
Acredita em amor virtual?
Acredita em alma gêmea e amor único?
Abre mão da sua vida para atender
os caprichos dos outros?
Anda se preocupando mais com os outros
que com a sua própria vida?
Faça a listinha do que você anda fazendo
de errado e prometa uma mudança
e esforce-se para mudar esses pontos
que só trazem desgosto.

No campo financeiro, será que você não
anda gastando além dos limites?
Será que você não anda comprando pela empolgação?
Faça a lista de quantos aparelhos
você comprou e nunca usou.
Quantos CD's que você mal ouviu?
Quantos sapatos que já saíram de
moda e eram somente para uma estação?
Quantos arrependimentos você já contou esse mês?

No campo espiritual,
e esse é o mais importante de todos, me conta:
quanto tempo você tem dedicado à Deus?
Quanto tempo você se envolve com a sua religiosidade?
Você tem freqüentado a sua Igreja com regularidade,
ou você nem sabe o que é uma igreja há muitos anos?
Sua conversa com Deus tem sido um eterno pedir,
pedir e pedir?

Faça essa análise e você  terá a resposta para
a maioria das dores que você
vem enfrentando na sua vida.
Você tem coragem para tantas coisas,
você quer tantas coisas então não tenha
vergonha de admitir que tem errado
tantos fatos na sua vida e que você
precisa de uma ajuda
"acima dos homens", "acima da vida".
Peça sinceramente, com o seu coração,
uma oportunidade para "renascer com Jesus",
para ter um "encontro verdadeiro com Ele".

Você vigia os seus erros,
apóia-se em Jesus e nada, nada te faltará.
Faça as contas, verifique os erros e mude.
Mude tudo o que for necessário.
Não importa a dor que vai causar no seu orgulho,
importa sim a sua libertação para
uma vida plena e cheia de abundância.

Pense nisso!


publicado por SISTER às 13:57

17
Dez 09

            Ninguém nota aquele
            homem simples caminhando
            por entre as vielas,
            entre o lixo acumulado nas calçadas.

            Ele observa moradores de rua
            que fazem de cada canto
            o seu refúgio.

            Ele enxerga
            além das feridas nos pés,
            da sujeira dos corpos.

            Ele vê a alma de cada um
            e percebe dores
            morais que marcam, ferem.

            Um que a bebida tomou conta
            e destruiu sua família,
            outro que abusou da própria filha,
            alienados pelas drogas,
            abandonados pelo mundo...

            Em outro quarteirão,
            o luxo contrasta com o lixo,
            ele observa jogadores,
            mulheres que vendem seus corpos,
            a mesa de bebidas,
            chefes de família semi-embriagados,
            e por dentro de cada um,
            ele que observa almas,
            vê o vazio,
            a ausência das próprias
            personalidades,
            gente procurando preencher
            o que não sabem,
            apenas sentem.

            O homem segue seu caminho,
            é um viajante do tempo.
            Logo se depara com um
            templo enorme,
            entra e vê pessoas cantando,
            entoam hinos,
            alguém fala do amor,
            a multidão silencia.

            Muitos se comovem,
            e o homem que vê almas
            percebe aqui e ali desejos
            de mudança,
            pessoas sendo preenchidas
            pelo que é invisível,
            e essas pessoas se alegram.

            Outras no entanto,
            observam as outras pessoas,
            reparam nas roupas,
            invejam quem está acompanhado,
            maldizem a própria sorte,
            pensam nas tarefas
            que às aguardam em casa,
            não vêem a hora de
            irem embora.

            O homem que vê almas sai e
            depara-se com um menino na rua,
            pobre, maltrapilho,
            pés no chão,
            parado com os olhos
            fixos no céu.

            O andarilho do tempo pergunta
            o que ele procura,
            o menino segura graciosamente
            na sua mão,
            sem medo,
            e mostra uma estrela distante,
            dizendo que é Jesus.

            Curioso,
            o andarilho pergunta como ele sabe,
            o menino diz que a mãe enquanto
            vivia o ensinou.

            Disse que toda vez que
            ele sentisse fome,
            deveria olhar para a estrela e
            pedir para Jesus o pão.

            Toda vez que ele sentisse
            frio ou sede,
            pedisse para Jesus uma
            coberta e água.

            O andarilho quis saber então,
            se aquilo  funcionava,
            e o menino afirmou que mesmo na rua,
            nada lhe faltava.

            Nesse momento,
            o andarilho emocionado,
            olhou para a estrela e acreditou,
            tudo o que Ele havia passado
            havia valido a pena.

            Ele era a estrela, a própria luz,
            que ouvia daquele menino sem nada,
            que a razão de tudo era ele,
            o próprio Jesus.

            Que o seu Natal tenha
            uma razão de ser,
            que você se preencha
            com o encanto,
            não dos presentes,
            nem da mesa farta,
            mas da doce presença
            do espírito santo.
            que é uma estrela iluminada
            pelos que acreditam,
            que tudo vale a pena,
            porque a alma não é pequena.

            Feliz Natal

            Eu acredito em você.


 

publicado por SISTER às 15:03

12
Dez 09

      Deixa eu ver se o espírito do Natal já está na sua casa. Não, não quero
      ver a árvore iluminada na sala nem quero saber quanto você já gastou em
      presentes, quero sim, sentir no ambiente a mensagem viva do
      aniversariante desse Dezembro mágico. Toda a família está unida? O
      perdão já eliminou aquelas desavenças que ocorrem no calor das nossas
      vidas?

      Não quero ver a sua despensa cheia, quero saber se você conseguiu doar
      alguma coisa do que lhe sobra, para quem tem tão pouco, as vezes nada.

      Não exiba os presentes que você já comprou, mesmo com sacrifício. Quero
      ver ai dentro de você a preocupação com aqueles que esperam tão pouco,
      uma visita, um telefonema, uma carta, um email...

      Quero ver o espírito do Natal entre pais que descobrem tempo para os
      filhos, em amigos que se reencontram e podem parar para conversar, no
      respeito do celular desligado no teatro, na gentileza de quem oferece o
      banco para o mais idoso, na paciência com os doentes, na mão que apóia o
      deficiente visual na travessia das ruas, no ombro amigo que se oferece
      para quem anda meio triste, perdido.

      Quero ver o espírito de Natal invadindo as ruas, respeitando os animais,
      a natureza que implora por cuidados tão simples, como não jogar o papel
      no chão, nem o lixo nos rios. Não quero ver o Natal nas vitrines
      enfeitadas, no convite ao consumo, mas no enfeite que a bondade faz no
      rosto das pessoas generosas.

      Por fim, mostre-me que o espírito do Natal entrou definitivamente na sua
      vida, através do abraço fraterno, da oração sentida, do prazer de andar
      sem drogas e sem bebidas, do riso franco, do desejo sincero de ser feliz
      e de tão feliz, não resistir ao desejo de fazer outras pessoas, também
      felizes.

      Deixe o Natal invadir a sua alma, entre os perfumes da cozinha que vai
      se encher de comidas deliciosas, no cheiro da roupa nova que todos vão
      exibir, abrace-se à sua família e façam alguns minutos de silêncio, que
      será como uma oração do coração, que vai subir aos céus, e retornar com
      um presente eterno, duradouro: o suave perfume do Senhor, perfume de
      paz, amor, harmonia e a eterna esperança de que um dia, todos os dias
      serão como os dias de Natal.

publicado por SISTER às 14:17

17
Nov 09

Quando mudamos?
Quando encontramos prazer em servir,
em ser útil.
Quando amadurecemos?
Quando a ofensa já não nos ofende,
o orgulho é morto.
Quando amamos?
Quando todos se tornam iguais
diante das nossas atitudes.
Quando sofremos?
Quando nos apegamos aos bens
perecíveis do mundo.
Quando nos iludimos?
Quando acreditamos que estamos prontos,
maduros e seguros.
Quando aprendemos?
Quando a lição, seja pelo amor ou pela dor,
retifica o nosso agir.
Quando conquistamos?
Quando marcamos na alma de alguém
com um gesto amoroso.
Quando morremos?
Quando desprezamos a oportunidade de servir.
Quando nos tornamos cristãos?
Quando o Cristo vive em nossas atitudes,
quando deixamos de falar em Jesus,
e praticamos o que Ele deixou de lição.
Quando seremos felizes?
Quando nossas mãos calejadas ou não pelo trabalho,
servir mais para levantar o irmão caído,
do que para atirar pedras.
Quando descruzarmos os braços
diante do sofrimento alheio,
quando a humildade for a companheira
mais constante.
Quando descobrirmos finalmente,
que somos todos passageiros do mesmo barco,
movidos pelos remos das nossas atitudes.
Por isso,
por onde você passar, leve esperança,
seja o que consola, e será consolado.
Seja o que ampara, e será amparado.
Seja o amor, e será amado,
seja o que reconcilia
e será ligado no céu,
tudo o que você ligar na Terra.
"O olho é a lâmpada do corpo.
Se teu olho é bom,
todo o teu corpo se encherá de luz.
Mas se ele é mau,
todo teu corpo se encherá de escuridão.
Se a luz que há em ti está apagada,
imensa é a escuridão."


 

publicado por SISTER às 07:26

25
Fev 09

Uma porta estará sempre aberta para aquele que se dispõem a trabalhar.

      Muitos ficarão de braços cruzados e reclamando da sorte, dos anjos ou dos seus deuses e nada conseguirão. Muitos estarão pensativos ou de joelhos, como penitência, fazendo uma lista de pedidos e repetindo incansavelmente a sua lista de desafetos, de intenções e lamentações e nada conseguirão.

      Existem aqueles que já acordarão com raiva de outra pessoa, o fígado ressentido trará um gosto amargo na boca.
      O intestino em descompasso estará constipado e nem no banheiro o infeliz terá momentos de paz. Vai passar um dia inteiro "ligado" á pessoa que odeia, e quanto mais quiser esquecer, mais se lembrará, até que o perdão venha libertá-los.
      Até lá, nada conseguirão.

      Algumas pessoas vão se esconder nas "profundezas de um quarto".
      Fugindo da vida e das responsabilidades que ela cobra, vão assumir uma postura de "vítimas infelizes do destino". Sacrificados pelos outros, sofrendo pelos outros, machucadas pelos outros. Não conseguem assumir a sua parte em qualquer coisa que seja diferente do que imaginaram, desconhecem o poder que possuem de modificar qualquer situação, e assim como o avestruz, escondem a cabeça em um buraco, deixando a vida passar, e nada conseguirão.

      A vida é poderosa instrutora e severa com aqueles que não escutam as suas lições porquê só deseja o melhor para cada um de nós. Pobre daqueles que não aprenderem a lição de valorizar a sua experiência, de valorizar o seu cheiro, a sua coragem, a sua capacidade de amar. Insatisfeitos que somos, procuramos nos comparar a outras pessoas, como se cada um de nós fossemos apenas cópias uns dos outros.

      A vida também é  "instrutora amorosa".
      Para aqueles que escutam a lição, trabalham e carregam a esperança dentro de si, a vida sorri e distribui as suas melhores notas. Se você quer passar de ano com louvor na escola da vida, é preciso saber ouvir, calar e executar.
      Descruze os braços e vá atrás dos seus sonhos.
      Não importa o tamanho da pedra que você vai ter que remover,
      importa sim, o tamanho da sua disposição para vencer cada um dos obstáculos que estarão no seu caminho.
      Ame, perdoe e siga em frente, a luz que você já enxerga é a sua vitória.

      Eu acredito em você

     

publicado por SISTER às 08:12

28
Jan 09

E se eu te disser que dentro de você mora um anjo que se reveste de luz para fazer novos amigos?

E se eu te disser que dentro de você existe uma paz infinita que o torna tão amigo e querido?

E se eu te disser que dentro de você existe luz e que essa luz apaga a inveja, a discordância e a guerra?

E se eu te disser que dentro de você existe um cupido que espalha amor e que flecha os corações?

E se eu te disser que és iluminada pelas estrelas e teus olhos parecem reflexo dessa luz?

E se eu te disser que tu és divinamente concebido e tens dentro de si tudo o que precisas para viver?

E se eu te disser que dentro de você existe uma fera que sabe lutar e defender os seus?

E se eu te disser que dentro de você habita uma chama que é capaz de incendiar uma cidade?

E se eu te disser que dentro de você mora um inventor capaz de criar mil maneiras de fazer a mesma coisa?

E se eu te disser que dentro de você existe um construtor que é capaz de criar novos caminhos?

E se eu te disser que dentro de você existe um elo de corrente que te liga ao sobrenatural tão facilmente?

E se eu te disser que você possui a chave da alegria que não acaba, dos sonhos que se realizam, dos amigos que nunca se esquecem, da saudade gostosa, do desejo que realiza, do orgasmo da vida?

Você é a própria luz, acredite nisso e brilhe, por amor a você e a quem te criou.
Construa,
viva,
conquiste,
não aceite as derrotas, o "não"!
O impossível é apenas uma força
te convidando para realizar.

Acredite, dentro de você existe um universo
em permanente construção.

"O otimismo é a verdadeira expressão da fé,
e a alegria, a materialização da certeza."

 

publicado por SISTER às 07:58

15
Jan 09

Cada um é o único responsável pelas
suas próprias necessidades,
e consciente dessa afirmação,
busquemos a sintonia com o nosso
"eu",
perdendo o medo de
"pensar",
de racionalizar nossas atitudes.

Será que tal relacionamento está me fazendo bem?
Será que esse sonho que eu
persigo é o que realmente vai
me fazer feliz?
Será que esse desejo não é fruto
da minha teimosia?
Será que é amor ou desejo de posse?
Será que preciso mesmo dessas coisas?

Parece que vivemos com medo de nós mesmos.
Um medo de enfrentar as nossas verdades,
e por isso,
fazemos as coisas apressadas,
vamos no impulso da nossa insanidade.
E no impulso falamos o que não queremos,
compramos o que não precisamos,
amamos quem não nos ama,
tentamos mudar
aqueles que não querem mudar,
nos enganamos,
nos enganamos e nos enganamos....

Eis o tempo certo para uma reflexão:
se tudo o que eu recebo é reflexo
das minhas semeaduras,
o que será que eu ando plantando?

Pense!

Defina-se como prioridade na sua vida,
levante a cabeça e esqueça o que passou,
e é hoje, e somente hoje,
o que importa para a eternidade do dia.
É a soma desses dias em que vivemos
intensamente o prazer
de sermos o que realmente somos,
sem máscaras,
sem teatrinho para agradar a quem
quer que seja,
formam aquilo que comumente
chamamos de Felicidade,
e Deus, nomeia como a
"Plenitude do Merecimento de Cada Um".

Nesta semana que vai começar,
seja plenamente feliz.

Você merece!

Acredite em você


 

publicado por SISTER às 09:15

12
Jan 09

           Como é bom ser importante na vida de alguém
            Como é bom saber a resposta para essa dúvida,
            Como é bom ter um pão para dividir,
            Como é bom oferecer a nossa capa para vestir quem precisar,
            Como é bom saber perdoar, seguir livre de rancores,
            Como é bom ouvir e aprender, falar e ser compreendido,
            Como é bom ser aquele com quem alguém vai poder conversar,
            Como é bom  poder desabafar, ter alguém para encostar no ombro...

            Como é bom ter esperança no dia que acaba de nascer,
            Como é bom deitar e simplesmente dormir,
            Como é bom ter uma mão para segurar, ainda que em silêncio,
            Como é bom ser referência do bem, ponto de equilíbrio, ser aquele que alguém pode contar...

            Como é bom ter um abraço guardado e entregá-lo todos os dias!

            Como é bom ser educado e não ferir ninguém,
            Como é bom saber agradecer e distribuir gentilezas.

            Descobrir no simples, a perfeição divina,
            ser grande, sendo o menor de todos,
            ser o primeiro, sendo o último da fila,
            ser um bom pai, por ter sido um bom filho,
            ser exemplo de algo bom, motivo de orgulho de alguém, ser o reflexo da alegria, ponto de referência de Deus, onde Ele pode mostrar a sua obra sem palavras.


            Descobrir na alegria de ser o que somos:
            como é bom ser importante na vida de alguém!

            Eu acredito em você!


       

publicado por SISTER às 08:17

12
Dez 08

Existe uma porta mental chamada
"eu não consigo",
que nem a bomba mais potente
consegue destruir,
nem o ladrão mais ágil
consegue arrombar,
pois está solidificada
na mente humana,
essa mente maravilhosa que possuímos,
capaz de construir maravilhas,
e destruir vidas preciosas.

Os vícios,
as situações que se repetem,
a maioria dos infortúnios,
as guerras estúpidas,
angústias e doenças nervosas
que levam
gênios a loucura,
são retratos claros
dessas portas mentais
que encarceram as pessoas
que perdem a chave,
sem saberem como se libertar.

Uma depressão, por exemplo,
é uma cadeia de segurança máxima,
onde a pessoa se tranca e não vê mais
nada além da sua dor,
da dor que nem sempre
existe na realidade,
e que não podemos abrir,
pois só ela tem a chave,
e essa chave,
que chamamos de determinação,
Deus chama de "amor a vida".

Somente o reconhecimento desse
verdadeiro tesouro,
que é a vida,
pode nos libertar dessa cadeia mental,
livrar o  homem do
"eu não consigo",
do "eu não posso",
das frases feitas de destruição,
da frustração de ver
algum sonho não realizado,
da libertação de vícios
que destroem a vida,
vida que Deus lhe entrega
mais uma vez,
renovada,
pronta para a sua vitória,
com essa chave divina chamada
"dia de hoje",
chave que permite mudar tudo,
começando agora com uma simples
atitude mental:
amando-se incondicionalmente.

Viva a sua vitória,
a sua mudança,
a libertação da prisão que você
mesmo criou,
eis o dia, eis a chave:
é o amor, sublime amor,
que Deus tem por você,
hoje e sempre,

Amém.

Eu acredito em você!


 

publicado por SISTER às 06:51

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO