Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

23
Jan 10

            A cada amor e a cada desamor
            
            sobe-se mais um degrau na escada da vida.
            
            A cada amor uma alegria
            
            a cada desamor uma dor
            
            Indaga-se o porquê...
            
            Poderia ser diferente!
            
            
            E assim, os dias passam, a jornada continua,
            
            com as novas lições adquiridas
            
            forçando o retroceder, no tempo e no espaço,
            
            na busca da felicidade vivida
            
            sem mesmo perceber... no passado perdida.
            
            Foi ali que se foi feliz e não se
             teve a devida consciência...
            
            Tudo... pela falta de experiência!
            
            
            Hoje, a procura constante se torna
             uma luta incansável.
            
            Ao ensejar-se o encontro com o Eu interior
            
            depara-se com uma dor a ser vencida...
            
            Ela traz o desanimo por não se ver
             perspectiva no futuro,
            
            Mas neste momento de
            insensatez e dor -  a cura,
            
            o sublime. acontece:
            
            
            - Uma luz se acende no fundo do túnel
             e mostra o caminho a seguir
            
            Se entregue ao Ser Superior...
            
            É assim que se encontrará guarida!

publicado por SISTER às 19:23

06
Nov 09

Pensamento emane :__Voe alto e longe
 Entregue o meu
recado , o meu querer, 
aquele que é
 minha  última esperança
 de ser feliz!!!

publicado por SISTER às 06:56

05
Ago 09

_Tenho minha vida devassada,
meus segredos revelados,
meus sonhos desmoronados
 e a minha saúde descontrolada


__as sombras do passado,
desnorteadas pelo não desvelo
surgem , como abelha africana, no ar,
que, ao invés de lançar o seu saboroso mel,
pica com a finalidade de matar.



...de ontem, guardo, com carinho,
as promessas de honestidade; 

...de hoje, horroriza-me, saber de tanta infâmia;

...de amanhã, quem sabe:
__Vira à tona, por inteiro, a sua maldade!!

publicado por SISTER às 11:21

06
Mai 09

      Ah, ela é a mais pura das mulheres, a mais nobre das deusas

      Não nasceu, veio ao mundo enviada pelos céus, uma das  musas do Zebu,

       Chega pra lá urubu!

      Não sabe o que é real tristeza, só sabe o que é falsa alegria,

      dai seu nome, Sra. Alegria.

      

      

      Só que ela pensa estar vivenciando a realidade

      Pastora ingrata "abestalhada" ignora dos outros a esperteza

      Ela é feliz, porque não conhece a felicidade

      Ela não é triste porque não sabe o que é tristeza



      

      Desconhece a dor de ver em seus braços

       um ente querido fenecer

      Não sabe o que ter vergonha por atos de terceiros

       e ainda  assim, acha-se a felizarda do "pedaço"

      Dona Alegria ... só vive a outrem entorpecer.

      

      

      Convive em plena sordidez, com um dicionário às mãos

      consultando palavras de antemão

      Achando-se a perfeita " escrevedora"  da época...

      esquecendo-se de cuidar dos porcos , das galinhas

       e cortar as ervas daninhas,

       para não virar um matagal,

      o seu esquisito quintal.

      

      

      Não sabe o que é ser feliz, porque sempre foi uma infeliz

      Vive cuidando da vida dos outros, sonhando acordada,

      ao invés de cuidar de sua própria vida que lhe condiz

      Pobre Senhora Alegria está fora deste mundo real

      vivendo , endoidecida,  num mundo irreal!

publicado por SISTER às 08:32

04
Mai 09

      A sala vazia, mesmo com lindos adornos
      O piano silencioso, sem acordes e ondas sonoras
      A paisagem outrora verde, depois morta, folhas desnutridas
      O Luar que excitava com seu brilho apaixonado,
      agora seu romper é acanhado
      
       
      Poderia ser um palco belo e de esperança
       para aqueles amantes
      absorverem-se,  como quiseram dantes,
      mas a ausência de um demorava:
      -  Sempre fora uma  promessa de despedida
      nunca chegara a ser uma presença
      Mostrava-se como a uma alma penada, sem vida!

publicado por SISTER às 07:47

      Guardo comigo, às sete chaves

      os bons fluidos; as boas ações,

      emanadas dos bons corações

      de muitos que já partiram e,

       de outros que permanecem por aqui



      Guardo os livros sagrados,

      outros  contos de fadas

      e, ainda, as fantasias infantis dos duendes.

      Guardo, também, poemas dos  imortais,

      que  versejam no além,

       junto com os anjos e querubins.



      Tudo isto me faz a guardiã

      dos sentimentos nobres

      mesmo  que aparentem  pobres:

      -  São qualidades morais ricas em ...

      amor e sabedoria!!!

publicado por SISTER às 07:43

29
Abr 09

            
            Quando  não estás aqui comigo,
            envio-te meus recados pelo meu amigo,
                                                             o vento.
            Porque o nada não me agrada,
                                              não agüento!
            
            
            
            Sei que a ele, especial   carinho, não haverá de faltar,
            Percorrerá  , em segundos, o mundo,  se precisar.
            E como lhe é peculiar, em suave brisa tocará tua face,
            e em teus ouvidos irá assoprar, frase a frase...
             

            
            Mas se não conseguir fazer-te entender,
            enérgico, em ventania irá se transformar,
            fará janela bater, a arvore galhos perder.
            Tudo isto para fazer-te  que o ouça
            a falar do meu lamento, da minha dor,
            do  meu amor.

publicado por SISTER às 11:42

25
Abr 09

      Esta lágrima que insiste em rolar
      este aperto no coração...
      só me resta uma indagação:
      __que fiz eu para ensejar?

publicado por SISTER às 13:55

            A cada amor e a cada desamor
            
            sobe-se mais um degrau na escada da vida.
            
            A cada amor uma alegria
            
            a cada desamor uma dor
            
            Indaga-se o porquê...
            
            Poderia ser diferente!
            
            
            E assim, os dias passam, a jornada continua,
            
            com as novas lições adquiridas
            
            forçando o retroceder, no tempo e no espaço,
            
            na busca da felicidade vivida
            
            sem mesmo perceber... no passado perdida.
            
            Foi ali que se foi feliz e não se
             teve a devida consciência...
            
            Tudo... pela falta de experiência!
            
            
            Hoje, a procura constante se torna
             uma luta incansável.
            
            Ao ensejar-se o encontro com o Eu interior
            
            depara-se com uma dor a ser vencida...
            
            Ela traz o desanimo por não se ver
             perspectiva no futuro,
            
            Mas neste momento de
            insensatez e dor -  a cura,
            
            o sublime. acontece:
            
            
            - Uma luz se acende no fundo do túnel
             e mostra o caminho a seguir
            
            Se entregue ao Ser Superior...
            
            É assim que se encontrará guarida!

publicado por SISTER às 13:54

22
Abr 09

      Quando se acredita no amor
       respira-se e transpira-se o ser amado sem clamor
      Segue-se, em frente,  por um caminho colorido
      onde só há realeza no sentir , tudo é florido.
      
      Para toda falha deste ser idolatrado...
      acha-se uma desculpa, talvez, esteja seco, o gramado
      Um belo dia, sem saber o porquê,  cai-se na realidade
      e se vê -  que tudo o que vivenciou fora inverdade.
      
      Procura-se por alguém a fazer juízo da situação...
      contudo ,  não há ninguém, com tal poder,  nessa imensidão
      Somente,  o nosso Amado e Onipotente Deus,  será o juiz
      Revelando-lhe a luta desigual,  pela qual passara como aprendiz!

publicado por SISTER às 07:39

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO