Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

27
Nov 10

Imagem da Internet, desconheço autor
não podem ser presos

levados pelo vento, pelo tempo

muito menos cobertos pela areia

pela estrada do nada...



Meus pensamentos

são essências da alma

veias, sangue pulsando emoções

usina eterna ,vulcão em erupção...



Em que hei de pensar

quando minhas palavras

se perdem na maresia

e afundam no mar ?

publicado por SISTER às 16:58

04
Mai 10

Tanto tempo, só agora o mundo acordou.
Ele existe mesmo com tantos mortos !
Longos caminhos,o povo pobre sonhou,
Só depois dos escombros, terremotos ...

O universo abriu os olhos da humanidade.
Asas aos céus, navios atendem ao grito
De um povo que chora, pede igualdade!
Ricos jogam orgulho de lado,sangra o peito.

Povo guerreiro ,escravo lutando por liberdade
País despedaçado, brigando por água ,comida,
Jamais esquecendo suas preces , a eternidade.

Caminham sem destino ,com a alma ferida
Elos perdidos, destroçados,filhos sem colo,
Na cidade dos vivos, mortos, soterrados.

publicado por SISTER às 10:34

13
Abr 10

teu porto, conforto

as ondas que te embala

a maresia

que te cobre de poesia...



Sempre serei...



teu céu abrindo estrelas

teu lençol e fronhas

desbravando, abrindo

as portas dos teus sonhos...



Sempre serei...



teu sorriso sem lágrimas

teus campos de girassóis

todas as estações

acordando sempre primaveras...



"Sempre tua serei...

Mas se és meu... não sei! "

publicado por SISTER às 09:31

10
Abr 10

não tão alta que não caiba
mais livros, pensamentos
mais páginas , paisagens
mais poesias guardando emoções


pilha de livros
esquecidos, não lidos
descobertas encobertas
o tempo desafinado o tempo perdido...

na ansiedade me guardo...
não me disfarço,não descanso
pouso no silêncio das palavras sobre a água...
no barco deixo o vento soprar...
ousar ser o canto da minha primeira madrugada.

publicado por SISTER às 16:39

11
Jan 10

      pensei sonhar um dia
      união na diferença
      da família,
      das nações,
      dos povos

      paz surgido como as estrelas
      reacendendo
      unindo mãos de todas as cores

      homens abrindo olhos para a nova luz sobre a terra
      apagando elementos rudes do Mundo

      pensei sonhar um dia
      esculpir na alma do mundo
      a visão idealista do poeta
      do sonho, da paz e da harmonia
      com raízes germinando flores
      sem cinzas ou guerras
      adubos de sentimentos profundos
      consciência mútua
      da palavra justa

      pensei sonhar um dia
      pensar como poeta
      esculpir como artista
      um mundo como poesia
      unindo todos os povos

publicado por SISTER às 08:27

29
Dez 09


  Cansado do mesmo ritual ,
  Jesus renasceu mudando o século XXI !
  Fugiu das ricas manjedouras ,
  estrelas reluzentes,palácio dourados.
  Escolheu o centro do mundo,
  dos corações para replantar a Paz!


  Visitou doentes ,
  aplacou sedes da alma,
  teceu tetos , secou lágrimas...
  Levou a palavra do Pai,
  o Sermão da montanha,
  novos mandamentos...


  Percebeu que a festa do Natal
  precisava estar em todos os lugares!
  Abandonou fartas mesas,
  reacendeu as Luzes do Mundo ...
  Estrelas onde nem de longe
  os homens pensavam que podiam chegar!



 

publicado por SISTER às 13:28

14
Dez 09

Cada pétala sente o tempo que passa
a chuva que nela cai, o vento que sopra...
espera o sol para aromas espalhar.

Soluça quando se sente morrendo ,
antes do último suspiro,últimos grãos ,
das entranhas semeia novos chãos.

Nesta evolução, se uma estrela cai...
o céu chora por uma luz perdida,mas,
alarga sorrisos nos campos refloridos.

publicado por SISTER às 14:52

20
Set 09

      Do vento que me trouxe ,
      Jangada do mar a flutuar.
      Sonhos numa onda doce .
      Sou bolha, espumas e ar...

      
      Sou a saudade trêmula
       Velas suaves, asas brancas
      Concha abrindo a janela ,
       Águas beijando as docas.

      Sou crepúsculo e sol a nascer,
      O vento , a brisa das areias.
      Estrelas sempre a acender .

      Sou sentimento , devaneio ,
      Flor , espinhos que sangram.
      Poesias que voam, semeio.

publicado por SISTER às 19:05

17
Set 09

      Não te faças tão forte
      Espalhando folhas secas
      Rompendo pontes, meu norte
      Destruindo grãos e cascas.

      Não agites tantas perguntas
      Nesta secura fria,silvos em fúria
      Exigindo ,impedindo respostas
      Apagando tanta doce memória .

      Observa bem a tua volta
      Ao acaso, em sombras e grades
      Gritos calados da minha revolta.

      A tua voz não escuta a minha
      No vai e vem,vendaval da rua
      Poesias ,versos, asas de poeira.

publicado por SISTER às 14:17

24
Ago 09

      Faço poesias
      Acordo o luar
      Crio fantasias
      E asas no mar.


    

publicado por SISTER às 14:05

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO