Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

20
Dez 10

Quisera amado meu

uma só noite em seus braços,

preencher esta lacuna tão doída!

Sonhar, sorvendo o beijo seu

e adormecer, entre o calor de abraços,

distante das dores da vida...


Quisera amor meu,

um instante que fosse eterno...

Pois que minh'alma se perdeu

quando em solidão conheceu o inferno

e na saudade, vivia acorrentada...

Quisera crer não existir o adeus!


Quisera hoje uma lua encantada

emoldurando a janela do quarto.

Que o passado contornasse o presente

projetando luz no porta retrato.

Quisera ser outra vez amada,

sentir a paixão num êxtase crescente.


Quisera eu poder ainda acreditar

num tempo sem intermitências...

E  enfim conseguir aniquilar,

o grito mudo das ausências...

publicado por SISTER às 18:04

21
Out 10

Deixa-me esquecer o balanço
das horas e encontrar o espaço exato,
para dar sentido aos meus atos.
De ser jovem de espírito,
mesmo que as marcas dos momentos
estejam inseridas no reflexo do espelho
e que eu as encare sem medo,
pois foram lá fincadas pelo passar do tempo.

Permita-me adormecer no esquecimento,
as feridas dos sentimentos
e as gélidas noites de solidão.
Oferta-me o calor do seu abraço,
o brilho do olhar amante e amigo.
Só você pode iluminar minha escuridão.

Aqueça o meu corpo frio,
preencha todo esse vazio;
o não ser, não ter, não poder!
Não conseguir esconder
ou esquecer e tudo querer.

Dissipa essa ânsia da dúvida,
ameniza minha dor!
Liberta-me ou conceda-me
um tempo de amor.

publicado por SISTER às 14:01

09
Fev 10

Tempo que em silêncio acena,
corpo já cansado da lida, segue...
O devaneio já não encena
tantas alegorias irreais.
Quero apenas a calmaria
do seu corpo abrigo,
o laço forte do abraço,
a vida comungada, a estesia
das estações, o ombro amigo
e uma canção de paz!


Revejo todo o trajeto percorrido
e apesar dos contratempos
valeu a pena tudo ter sentido.
Amei, procriei, abri sóis na madrugada
pois a poesia sempre esteve comigo
e contracenava com os momentos
onde a palavra não revelava nada!
Um só olhar era o bastante
para expressar os sentimentos
e alcançar a felicidade do instante.


Depois da curva? Não imagino o que há...
Só saberei quando chegar lá!

publicado por SISTER às 10:07

28
Jan 10

            Andejando por sobre os montes
            a Palavra cruzou horizontes
            e ainda nesse nosso momento,
            ecoa pelo espaço
            confirmando O Nascimento.
            Talvez o mundo esteja meio confuso,
            mas nas entrelinhas da existência
            o passado nos permite aprender
            para no presente crescer
            e assim, florescer a promessa do futuro.
            O tempo, em sua eterna prece
            apregoa perdão, fraternidade,
            paz, luz, amor e união;
            desejando que a esperança
            aflore em cada coração
            despertando a humildade,
            que em si expressa
            a imensa vontade
            que o homem acerte o passo
            nos tons da harmônica sinfonia,
            compondo a música da vida
            na leveza das notas da harmonia.

publicado por SISTER às 13:48

21
Jan 10

Nesta noite enluarada

o silêncio toma conta de mim,

sou a pequena asa quebrada

do sonho que chegou ao fim...

Ele durou o infindável do instante

e embalou todo meu sentimento;

alumiava-me quando meu olhar distante

perdia-se, catando estrelas no firmamento.

Ficou em mim por uma eternidade

e em seu volitar, quase tudo aprendi...

Hoje, ciente da minha efemeridade

e da alma imortal que vive em mim,

do encanto do sonho, quase nada perdi!

 

 

Quando a saudade navega em meu pensamento

voo com ele, nas asas imaginárias do vento!


 

publicado por SISTER às 07:01

11
Jan 10

      A vida é o que dela fazemos,

      nossa mão é o pincel que traceja

      o tempo que vivemos...

      Vamos montar uma nova aquarela

      onde o olhar da alma veja

      o que de melhor temos

      e redecorar a vida, que seja mais bela!

      Nossas marcas aqui hão de ficar

      e devemos viver a plenitude do sentimento,

      agir com consciência e humildade

      para que de nada se tenha arrependimento.

      Esse ano quero soltar minha emoção,

      amar, perdoar, sonhar alto, voar

      qual ave de arribação...E que o meu coração

      esteja repleto de estesias

      e da paz, seja o altar!

 

publicado por SISTER às 08:30

30
Dez 09

Que sementes sãs floresçam
em abundância, cresçam
e se espalhem pelo espaço.

Que a escuridão não mais obscureça
o caminho da esperança
e dissipe o sorriso inocente,
no rosto da criança.

Que a mão -feita para doar e construir-
desaprenda a negar e destruir
e não mais cause angústia e dor.

Que o coração endurecido-opaco,
seja liberto e iluminado
para que o caminho a ser percorrido,
possa então ser reconstruído.

Chega de guerra !...
Quero a luz banhando a Terra,
sentir o aroma da igualdade
e ver povos a sorrir,
numa só irmandade...

Vamos dar um basta às desigualdades,
diluir as sombras da ambição
que cegam a visão-justiça
e obstruem a união.

Vamos alardear o amor,
libertar as correntes
da distância e indiferença
entre todas as nações,
cruzar a ponte da amizade
e conhecer a real felicidade
da fraternidade,
pois somos todos iguais
diante do mesmo PAI.

Então...
QUE VENHA A PAZ!...

publicado por SISTER às 15:00

13
Dez 09

A primavera já se vai,
uma outra estação se anuncia
e das flores fica a estesia.

Ornamentar jardins e janelas
tornando a vida mais colorida
na mais completa das aquarelas.

No olhar ainda cintila luzes de cores,
a alma enamorada eterniza o perfume
e na invernia, esparge gotas de amores!

publicado por SISTER às 13:08

22
Out 09

      Sem você, quem sou eu?
      Ainda não sei!...
      Talvez um pouco de tudo
      quem sabe o todo
      ou o vazio do nada,
      só sei que o dia escureceu
      a fantasia se perdeu no lodo
      dos enganos meus.
      Que uma metade peregrina
      em estranhas estradas,
      consigo sonhos sem validade
      num coração envolto em breu.
      Sem você, sou matéria acorrentada,
      alma perdida e nua
      no frio da madrugada!
      Eis-me aqui! Mãos vazias,
      olhar absorto que flutua
      em busca da outra metade
      que fugiu, ao encontro da sua...


     

publicado por SISTER às 08:57

04
Set 09

No céu uma nuvem branca traça
o poema de amor não escrito,
a lágrima então disfarça
o que gostaria de ter dito.
No corpo há versos molhados
e tantas poesias aflitas,
no olhar  há sonhos represados
em nós de laços e fitas
que enfeitavam tempos passados!
Mesmo assim, não quero a negritude
que desaguem águas de temporais,
prefiro um vento em quietude
que acaricie minh'alma,
soprando um canto de paz!

publicado por SISTER às 11:22

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO