Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

31
Mar 09

Quando o sol se apresenta ofertando-me o dia, cansado, encontro-me nos caminhos da noite que percorri em minha busca...

      Caminhei entre alamedas, becos, cantinhos, procurando algo que perdi, algo que se foi... Coração cansado...

      Nesta busca que parece infinita colho as lembranças de um tempo onde as estrelas tinham mais luz, minhas noites eram de luar, o nascer dos dias de esperança...

      Quando olhava para o lado, ali você estava, me fazendo acreditar no amanhã, dando-me as forças que tinham sido roubadas.

       Ah! tempos estes de doce amor, de noites que se misturavam a dias e tardes de amor selvagem, entrega de corpos entrelace de almas...

      Agora, sem você, nesta procura de poder descobrir onde estarão minhas forças perdidas, descubro que vivia ao lado de uma miragem...

      Neste caminhar que se faz fardo pesado, encontro de zumbis, noites frias, madrugadas tenebrosas, uma busca exagerada, voltas meio ao nada, a alma exausta, a descrença tomando conta de meu ser...

      A lágrima, única companheira, o olhar diante do mar que toma conta de meu ser fazendo viajar entre tempos passados...

      Lembranças doces, outras amargas volta ao habitar o espelho, a minha espera, a marca do tempo na face, ao redor, cheiro de solidão, pálpebras pesadas...

       Fecham-se os olhos, entrega ao sono sem sonhos...

      Afinal onde está o que perdi?

      Quem sabe um dia abra os olhos e possa enfim encontrar...

      

    

publicado por SISTER às 09:37

  Meu amor não é deste mundo,

            nem minha paz também.

            Amante das estrelas, sou alguém que sonha com o luar,

            sou aquele que vive do amor e sente a paz em qualquer lugar...



            Sou ainda, aquele que busca no entardecer a equivalência do belo,

            e no elo da quietude, sou estrela solitária na mansuetude do anoitecer.



            Sou brisa que vaga na solidão,

            pirilampo a cintilar...

            Sou estrela no firmamento a brilhar,

            recordação do que ficou,

            sou nada mais que um simples coração querendo amar.



            Na certeza do que sou,

            flutuo além, acima da dor...

            Sou alguém só,

            mas que ainda crê na arquipotência

            do amor.









 

publicado por SISTER às 09:35
tags:

                  Amor que sonhei
                  que me leva a loucura
                  me trás felicidade...
                  
                  Um amor tão esperado
                  Criando-me esperanças,
                  satisfazendo todo meu ser,
                  com seus beijos ardentes.

                  Em meus sonhos ouvindo
                  murmúrios suaves.

                  Um amor enloquecedor
                  Que nos leva ao êxtase total
                  com suas infinitas estrelas.
                   
                  No pulsar de nossos corações
                  Apenas agradeço meu amor...

                  
              

publicado por SISTER às 09:34

Detengamos nuestro tiempo..
      Quiero estar en tus brazos en este momento
      Con un beso tuyo apagar el mundo
      Detener el tiempo.
      Beso a beso, roce a roce, piel a piel.
      Transitar cada rincón de tu cuerpo
      Sentirme y sentirte temblar de placer.
      Detengamos el tiempo..
      Eternizando nuestros besos
      Con las manos encendidas,
      Y miradas de fuego..
      Exploremos nuestros cuerpos
      Amémonos  a placer.
      Sella mis labios.bésame con pasión
      Despacio, lentamente...
      Resbala tus labios.sobre mi cuello.
      Muerde mis hombros.
      Piérdete en mis senos
      Que todo mi ser. grita de placer.
      Hazme el amor.deteniendo el tiempo
      Que no existan distancias entre tú y yo
      Solos en el universo.toquemos el cielo
      En una de entrega de deseos, besos, caricias,
      Locura y pasión...aferradas a nuestro cuerpo
      Solo tú y yo.haciendo el amor...
      Danzando con Eros.
      Detengamos el tiempo en la habitación
      Exhalando gritos ahogados de placer.
      Con las respiración agitada.
      Diremos palabras entrecortadas
      Que nos harán estremecer.
      Detengamos nuestro tiempo
      En ese instante.en que bañas mis entrañas
      Y sientes derramar mi miel.
      Cuando todo es silencio
      Cuando todo es calma..
      Donde todo empieza, donde nada acaba.
      Detengamos nuestro tiempo.sin prisa
      Conozcamos nuestros cuerpos
      Realicemos nuestros sueños
      Nuestras fantasías.despacio...lentamente
      Hoy es nuestro tiempo
      Mañana no lo  sé.

     

publicado por SISTER às 09:33
tags:

Inesperadamente, en un oasis luego del placer,
        Me preguntaste sobre lo importante:
        Esa impredecible forma en que alguien
        Trasciende las sensaciones del cuerpo,
        Y con la pureza que tiene lo bello,
        Enciende en nosotros un fuego.

        A veces quedo sin palabras
        Y parecen eternos mis silencios...

        Hace tiempo, cuando sólo eras un presentimiento
        Y nada más podía vislumbrar en letras tus pensamientos.
        Mucho, pero mucho antes
        De que empaparas mi alma con lo que ahora siento,
        Me hiciste la misma pregunta que respondí,
        Como ahora, con un silencio.

        ¿Cómo explicarte un sentimiento?.

        Hay sensaciones que enmudecen los labios
        Y estallan dentro con la fuerza
        De una revelación que nos invade el cuerpo.

        Nacen donde tú dices,
        En lo profundo del corazón...
        Y son simples y nobles sentimientos
        Que escapan de todo entendimiento.

        Ahora, al caer la tarde, te pienso.
        Te renuevo en mi mente
        Con la piadosa aspiración de volver a tenerte.
        Encontré la respuesta que antes remplazó el silencio.

        No hay una división entre mi cuerpo
        Y lo que tú has puesto en mi corazón.
        Es imposible separar tus labios
        Y mis labios del beso que desde
        Lo profundo de mi ser te doy.
        Desearte desde los impulsos incontenibles
        Que nacen en el instinto del hombre que soy,
        Es también desearte con la pureza que ahí puso Dios.
        ¿Cómo podría separarte en cuerpo y en alma,
        O entregarte mi cuerpo y no darte mi alma
        Sin dejar de ser lo que por ti soy?.

        Todo tiene una explicación,
        Hasta este sentimiento que nació
        El día que tu cuerpo se apareció.

        Tan seguro de esto que te digo estoy,
        Que cuando el tiempo pase dejando sus marcas
        En la piel y en los huesos de nosotros dos,
        Te seguiré queriendo...
        Con la misma firmeza que te quiero hoy.

        La respuesta es simple:
        Es amor... amor.

publicado por SISTER às 09:31

A ausência da presença, machuca e fere o coração.
Cicatrizes que se abrem facilmente,
mas que se fecham com a recordação.

Nunca esperamos um adeus,
e mesmo que venhamos a dizer ou ouvi-lo,
que não produza em nós, um sentimento de perda total,
falta de força ou coragem.
Pois esta é uma fraqueza humana ingrata, inata.

A verdadeira saudade é sentida por pessoas que se amam
e se prezam e que neste maravilhoso vinculo de união,
expressam constantemente sua presença.
Alegram-se com as suas realizações e sucessos.
Preocupam-se com suas derrotas e desilusões.

Mesmo que seja sentida dolorosamente,
esta perda de convívio é superada pela alegria das lembranças,
que estarão cada vez mais vivas em nossas mentes,
e marcadas com carinho em nossos corações.

Apesar da imensa solidão que sentimos no íntimo,
uniremos forças para estarmos sempre felizes, pois,
sem dúvidas, estaremos sendo lembrados pelas mesmas
pessoas em que estamos pensando neste exato momento,
Com as mesmas preocupações, alegrias e saudade

publicado por SISTER às 09:30

Querem saber como vivo? Lhes direi...
Vivo do vento que me mantém lúcida e acordada para que eu não adormeça na caminhada.
Vivo do mar que me limpa do cansaço da luta e me recompõe para que eu continue.
Vivo das cores que me ensinam os remédios e os alimentos para que eu sobreviva forte para trabalhar.
Vivo da riqueza do meu melhor esforço, meu amor.
Planto-o por onde passo, não perco nem mesmo a terra de um vaso quebrado, pois ali a semente germina.
E sou feliz assim.
Sou simples, pois preciso de pouco.
Sou calma, pois aprendi a esperar. Tudo vem.
E o campo arado e adubado produz coisas melhores, que valem a pena ser preservadas.
Falo pouco, pois optei por grandes ocupações, como um trabalho escolhido de ouvir e por isso não me sobra tempo para as palavras.
Penso muito, mas corretamente.
Desejo só o necessário, ocupo pouco espaço e por isso não sofro por possuir.
Sou feliz, sou abençoada, sou reconfortada e apreciada.
Sou aquilo que todos lutam para obter.
Querem saber quem sou eu, já que sabem como vivo?
"SOU A PAZ". Um amigo

publicado por SISTER às 09:29

Apenas quero que entendas

                              que cada falta tua

                              no vazio das noites nuas,

                              quero ser tua...

 

publicado por SISTER às 09:28

Olho seus lábios que me convidam a te beijar
entreabertos, seus olhos os meus a mirar
unídos, viçosos...por um beijo a desejar
Ainda timido, te dou o primeiro beijo

Beijo perfeito, primeiro beijo
labios que parecem terem sido feitos
para os meus
se tocam, Cativante beijo, longo, nao se separam

Suavemente, ...a seguir... voluptuosamente
Minha boca a tua conhecer, seu gosto sorver
por eles minha alma a sua se entregar
seu cheiro, gosto, seu calor a me enlouquecer

O que seu beijo fez, nem eu mesmo sei
até de pensar na hora deixei
por completo de corpo e alma me envolvi
nos entregamos...nos amamos

 

publicado por SISTER às 09:09
tags:

                  O que fez com que eu te escolhesse
                  como meu amigo,
                  senão a inexplicável beleza que
                  exala de tu' alma,
                  de teus sentimentos,
                  irradiantes de teu lindo ser ...?
                  Cativante, sim ... pois as tuas
                  qualidades me tornam feliz cativa,
                  de forma tão simples ...
                  sem subterfúgios ...
                  sem querer...por toda a vida ...
                  Tu, meu amigo, és a maior
                  fortuna que,na vida, alguem
                  consegue ter...
                  Deverias estar guardado
                  a sete chaves,
                  como um tesouro ...pois tua
                  amizade, para mim,
                  vale mais que peso em ouro.
                  A forma mais carinhosa
                  de zelar por um amigo
                  é te-lo perto ou longe,
                  sabendo-o feliz ...ao pé do abrigo ...
                  És a maneira que Deus encontra,
                  para estar presente,
                  quando tudo o mais se faz ausente.
                  Teu rosto é perfeito!
                  Os teus traços, são os de um anjo,
                  como aqueles de Michelangelo ...
                  Tua voz é doce e bem pausada ...
                  me fala ao ouvido ...quando
                  tudo cala ...
                  O odor perfume que de tí exala,
                  me faz adormecer ...
                  pois tudo acalma ...
                  é aroma de uma flor que
                  desconheço
                  mas que em tí se torna rara ...
                  não tem preço.
                  O teu afago é tão precioso ...
                  que de tão bom,
                  se faz tão raro ...
                  e me traz a confiança,
                  a certeza
                  de que nada é tão certo,
                  como ter você,
                  sempre, por perto.
                  És tão amigo, que nem preciso
                  te chamar de amigo ...
                  És amor ...amor - or + igo ...
                  És meu tesouro!
                  És meu amigo!


              

publicado por SISTER às 09:06

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15
21

22
28



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO