Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

13
Mai 07
 
Mãe...
que acalenta seu bebê, nas noites em claro
trazendo nos olhos a sublimidade
que só as mães sabem, são capazes...
 
Mãe que partilha as imensas dores
 tantos e tantos temores
seus dias nem sempre sonolentos, enfileirados
às vezes hostis com seus amados...
 
Mãe que busca o horizonte com afinco
incansável, no único afã de doar
para os tantos rebentos seus, o amor
em partes iguais...
 
Mãe de um único filho
que se desvela em carinhos exagerados
 por julgar que é sempre pouco
o que pode lhe dar...
 
Mãe...
que com a mesma placidez, sorri e chora
quando vê um dia, suas crianças irem embora.
Se os perde para o mundo, tenta aceitar
se os perde para a guerra, dói tanto enfrentar...
 
se os perde para o desamor... oh, Deus, que dor!...
Nenhum poema no mundo, ainda que fecundo
seria capaz de retratar...
a tão sublime essência maternal do amar!
 
Mãe... que não experimentaste a gestação
mas tiveste abarrotado de amor, o coração
fazendo de tua vida, a magia de se doar
porque ser mãe não é só gerar... é amar!
 
Mãe... que junto aos seus filhos ou sozinha
vê o mundo aplaudir uma data, sem entender bem
sem saber ao certo de quem e para quem
é tanta comemoração...
 
Mãe...que foi minha um dia...
que decerto sob a frondosa árvore na colina
me espera para conversar, novamente me abraçar
não desanime mãe... eu chegarei lá!
 
Mãe... que agradece a Deus todos os dias
pela graça que lhe concedeu (entre as que perdeu)
na filha que é seu fruto e a  sua grande alegria
mãe feliz, que esta mãe sou eu...
 
 
Para todas nós...
um Dia das Mães de Paz & Bem!...
 
Assim seja!
 
 
Tere Penhabe
publicado por SISTER às 06:03

Maio 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9





tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO