Bem Vindos O que os homens chamam de amizade nada mais é do que uma aliança, uma conciliação de interesses recíprocos, uma troca de favores. Na realidade, é um sistema comercial, no qual o amor de si mesmo espera recolher alguma vantagem. La Ro

27
Abr 07

A minha alma indócil, acalenta flores que não tem
perde-se entre as preces e os profanos poemas
sem saber a que veio, perdida no tempo, no meio
mas é só por mais um momento...
 
A minha alma ferida, buscou incansável, explicações
mas nem tudo na vida se explica
momentos há, em que o silêncio é preciso
e nos responde quase tudo...
 
A minha alma fértil, pari poesia como coelhos
abaixa-se para furtar-se às pedras que lhe atiram
mas ao abaixar-se, deita-se mansamente
nas pétalas de rosa que outros colocaram...
 
A minha alma cansada, às vezes quer fugir
quer procurar as margens do seu estuário
deitar-se nelas, sob frondosa árvore e dormir
mas não se pode viver sem sentir...
 
A minha alma guerreira, quer lutar, lutar até o fim
mas não se sabe onde está o fim
e tenho medo, que ele chegue cedo para mim
porque ainda há tanto pra dizer...
 
A minha alma feliz, pede perdão aos céus
por se sentir assim, quando há tantos que choram
e ela sorri... insiste em sorrir em meio a tantas dores
em meio a tantos falsos amores...
 
A minha alma caridosa (que é tão pequena)
tenta lembrar-se de quem ama, sem lhe culpar
porque nem sempre quem nos fere, é negação de amar
às vezes é tão somente, provações da vida...
 
A minha alma religiosa (que está quase perdida)
não perde, entretanto, a fé em Deus e em Sua misericórdia
e recorre a Ele para enviar pensamentos de amor e paz
aos que diante de mim, mostram-me sem querer...
que sem nada ter, eu tenho muito mais!
 
Que Deus os abençoe!
 

Tere Penhabe

publicado por SISTER às 05:40

Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


28



tags

todas as tags

tradutor
Música
mais sobre mim
pesquisar
 
Sister online
Selo

blogs SAPO